25/02/2022 às 17h36min - Atualizada em 26/02/2022 às 00h00min

Indústria apresenta queda de 0,2% em novembro

Preços da indústria cresceram 1,31% na passagem do mês de outubro para novembro de 2021

DINO
https://www.grupoalltech.com.br/categoria/centro-de-usinagem/

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a indústria apresentou queda de 0,2% em novembro de 2021, na comparação com outubro. Além disso, ante o mesmo mês de 2020, a queda foi de 4,4%. O mercado estava aguardando uma alta mensal de 0,1% e recuo anual de 4,2%. Em outubro de 2021, a queda foi de 0,6% em relação a setembro do mesmo ano. O resultado de novembro foi o sexto negativo consecutivo no segmento industrial, que acumulava, até então, uma queda de 4% entre junho e novembro de 2021. Na comparação com o patamar de produção de fevereiro de 2020 - momento anterior à pandemia da Covid-19 -, a produção da indústria permaneceu 4,3% atrás.

Nos 11 meses do ano passado, a indústria acumulou um avanço de 4,7% em comparação com o mesmo período de 2020, segundo o IBGE, por meio de nota. Porém, apesar disso, na ocasião a indústria continuava se afastando do patamar pré-pandêmico. "Quando olhamos para o ano anterior, os resultados ao longo de 2021 são quase sempre positivos, pois a base de comparação é baixa, já que no início da pandemia a indústria chegou a interromper suas atividades, com o ano de 2020 fechando com um recuo de 4,5%", comenta André Macedo, gerente da pesquisa. Ele ainda indica que o setor passa por um desabastecimento de alguns insumos e uma produção mais cara devido a isso - reflexos da pandemia da Covid-19, que abalou a indústria como um todo.

O instituto aponta que, apesar do resultado do mês, apenas uma das quatro grandes categorias de economia investigadas no setor apresentou recuo, a produção de bens de capital, com queda mensal de 3%, eliminando o avanço de 1,8% de outubro de 2021. As categorias de bens semiduráveis e intermediários, por sua vez, ficaram estáveis. Já o setor de bens de consumo duráveis apresentou resultado positivo - uma alta de 0,5%.

Em relação às subcategorias, as influências centrais negativas foram de produtos de borracha e material plástico, com -4,8%, que perderam a expansão acumulada nos meses de setembro e outubro (-3,5%), segundo o IBGE. Já o setor de metalurgia apresentou queda de 3% ao mês - a terceira consecutiva - com perda acumulada de 7,7% de setembro a novembro.

Inflação na indústria fica em 1,31% em novembro

Ainda em relação à realidade das indústrias, que podem contar com centros de usinagem, no mês de novembro de 2021, segundo dados do Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgado pelo IBGE, os preços da indústria cresceram 1,31% na passagem do mês de outubro para novembro de 2021 - resultado abaixo da alta apresentada em outubro (2,26%). No acumulado do ano, a marca foi de 28,36%. Em 12 meses, 28,86% - quinto mês consecutivo em desaceleração e o valor mais baixo desde fevereiro de 2021 (28,50%). No mês de novembro de 2020, o crescimento foi de 1,38%.



Website: https://www.grupoalltech.com.br/categoria/centro-de-usinagem/
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp