06/02/2015 às 20h46min - Atualizada em 06/02/2015 às 20h46min

Rodoviários prometem greve de ônibus na Grande Vitória na próxima segunda-feira

Folha Vitória

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Espírito Santo (Sindirodoviários) promete paralisar o transporte coletivo na Grande Vitória na próxima segunda-feira (09). Segundo o presidente da entidade, Carlos Louzada, o motivo é a falta de acordo com os empresários sobre o pagamento total do plano de saúde. 

"Tem gente morrendo e eles não pagam o plano de saúde todo, os motoristas não conseguem pagar o plano, é muito caro”, reclama o presidente, que disse que até ele teve de suspender o seu plano de saúde.

A assessoria de imprensa do Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) informa que não foi notificado pelo Sindirodoviários sobre o “Estado de Greve”, e esclarece que recebeu com surpresa a informação de que o movimento está relacionado ao plano de saúde.
 

E diz ainda que o tema foi exaustivamente tratado durante as reuniões que culminaram no dissídio coletivo. Na ocasião, após cancelamento do contrato de  prestação de serviço de saúde por parte da Samp, o Sindirodoviários indicou a contratação da Unimed como nova prestadora (conforme ofício nº 201 de 2014 – em anexo). 

O contrato assinado tem o Sindirodoviários como interveniente e tem duração de 12 meses, quando o tema poderá voltar à pauta.  

No ano passado, em assembleia realizada no dia 26 de novembro, os motoristas e filiados ao Sindirodovários decidiram entrar em greve. Na ocasião, trabalhadores e empresários do setor tiveram um impasse nas negociações salariais deste ano. Os rodoviários queriam reajuste salarial de 15%, tíquete-alimentação no valor de R$ 4,00 e pagamento integral do plano de saúde. O sindicato patronal ofereceu 8% de reajuste, R$ 2,00 no tíquete-alimentação e 80% de cobertura no plano de saúde.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp