29/07/2021 às 09h05min - Atualizada em 29/07/2021 às 09h05min

Presos por morte de vereador foram responsáveis por roubo a posto de combustíveis em Presidente Kennedy

Da Redação

Três presos por envolvimento no assassinato do vereador de Presidente Kennedy, Marcos Augusto Costalonga (PL), de 49 anos, conhecido como Marquinhos da Cooperativa, são suspeitos de integrar uma quadrilha que roubava empresas na região. O vereador foi morto a tiros no dia 27 de maio, na estrada que liga as localidades de Leonel e Alegria, no interior do município. 

“Já vínhamos investigando o grupo desde um roubo a posto na cidade de Presidente Kennedy, onde amarraram cofre e arrastaram. E, tivemos mais elementos vinculados a eles quando houve a morte de Marcos Costalonga. A partir da morte do vereador, descobrimos que o grupo praticava crimes patrimoniais em vários locais e verificamos a presença de um deles na cidade no dia do crime e no dia em que o carro usado no crime foi encontrado queimado”, disse o delegado Thiago Viana.

Além do posto, o trio, que não teve os nomes revelados pela Polícia Civil, é também suspeito de roubar um outro posto em Conduru, distrito de Cachoeiro, e uma empresa de mármore, em Jaciguá, distrito de Vargem Alta.

De acordo com o delegado Viana, os presos negam a participação nos crimes.


 

Assista os principais trechos da coletiva de imprensa sobre a prisão de envolvidos na morte do vereador Marquinhos Costalonga:
 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp