10/12/2014 às 08h29min - Atualizada em 10/12/2014 às 08h29min

Espírito Santo registra 43 casamentos entre pessoas do mesmo sexo

O total de casamentos entre pessoas do mesmo sexo no Estado representa 1,8% de matrimônios na região Sudeste- Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo

Folha Vitória

Pela primeira vez, as Estatísticas do Registro Civil do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), incluem dados sobre união entre pessoas do mesmo sexo. Os números são de 2013, quando foram oficializados nacionalmente 3.701 casamentos de homossexuais. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (09).

A pesquisa mostra que no Espírito Santo, o casamento entre mulheres foi maioria: 23 matrimônios. Já entre os homens, o número é de 20 uniões.

O total de casamentos entre pessoas do mesmo sexo no Estado representa 1,8% de matrimônios na região Sudeste- Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em Vitória, Capital do Estado, o total de uniões homoafetivas é de 11 casamentos. Do total, foram realizados cinco casamentos entre homens e seis entre mulheres.

No total de casamentos independente de gênero, 24.980 pessoas registraram a união oficialmente, número que representa um percentual de 4,9% na região Sudeste. 

A pesquisa mostra que o casamento entre mulheres no Brasil foi maioria: 52%. O Sudeste foi a região que mais teve registros: 2.408 (65%), sendo 80% deles no Estado de São Paulo. O Norte teve 56 uniões estáveis, o menor número em relação às outras regiões.

Houve mais casamentos entre mulheres com idades de 30 até 34 anos. Nos registros de união entre homens, predominou a faixa etária de 25 a 29 anos. A maioria dos casais homossexuais que oficializaram a união em 2013 era formada por pessoas solteiras – tantos entre homens (82,3%) quanto entre mulheres (75,5%). 

No casamento entre mulheres, 24,5% tinham pelo menos uma das cônjuges divorciada ou viúva – entre os homens essa proporção foi de 17,4%.

O Supremo Tribunal Federal reconheceu em maio de 2011 a legalidade da união homossexual estável. Desde o ano passado, os casais homoafetivos podem registrar casamento civil nos cartórios do Rio de Janeiro. 

Em todo o país, os casamentos entre pessoas de sexo diferente passaram de 1,04 milhão. O número de casamentos aumentou 1,1% em 2013 em relação a 2012, e chegou a 1,1 milhão. O Sudeste concentrou a maior parte com 48,2%.

Também no ano passado, foram concedidos 324,9 mil divórcios em primeira instância, sem recursos, ou por escrituras extrajudiciais. O número representou queda de 4,9% em relação a 2012. A maior incidência foi percebida nos casais com idade entre 40 e 44 anos para as mulheres e 45 e 49 anos para os homens.

Desde 1974 o IBGE publica as Estatísticas do Registro Civil. Além dos casamentos, os pesquisadores coletam dados sobre nascimento, óbito, divórcio e separações. Os resultados refletem informações de cartórios de registro civil, varas de família, varas cíveis e de tabelionatos de notas.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp