03/08/2020 às 13h53min - Atualizada em 03/08/2020 às 13h57min

Segundo pesquisa, dores nas costas se intensificam durante a pandemia

A pandemia do novo coronavírus transformou diversos hábitos e resultou em mudanças corporais na maioria dos brasileiros.

DINO
http://smcare.com.br/

A pandemia do novo coronavírus transformou diversos hábitos e resultou em mudanças corporais na maioria dos brasileiros. De acordo com uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em conjunto com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), entrevistas feitas com mais de 44 mil pessoas no início da quarentena, entre abril e maio, apresentaram que 41% das pessoas desenvolveram dores nas costas. Em contrapartida, entre os que já enfrentavam disfunções crônicas, mais de 50% indicaram que o desconforto cresceu durante o período analisado.

Principalmente devido ao isolamento social e a adoção do modelo home office, como alternativa para o trabalho em meio ao combate à covid-19, o número de casos de dores nas costas cresceu de forma exponencial. Isso significa que, em consequência da falta de ergonomia em casa, como o não oferecimento de equipamentos adequados para a realização das tarefas, tornou-se mais simples o aparecimento de lesões e doenças corporais em diversos colaboradores ao redor do país.

Falta de ergonomia e sedentarismo são as principais causas de dores nas costas na pandemia

Segundo especialistas, a ausência do aparato necessário para manter a produtividade e saúde do corpo durante o home office, bem como o sedentarismo proveniente da falta de atividades físicas, se relacionam com a intensificação de dores nas costas durante o período de isolamento.

Nesse sentido, a solução para prevenir e, até mesmo, solucionar o problema em alguns casos, resume-se à prática frequente de exercícios físicos, desde que sejam feitos de maneira regular e com o acompanhamento profissional necessário, como em clínicas de fisioterapia em SP.

Além disso, embora algumas empresas não ofereçam a estrutura apropriada para o trabalho a todos os colaboradores, é preciso contar com uma cadeira confortável e adequada, que possua apoio para os braços e regulagem de altura para o ajuste correto ao corpo.

De modo que a regulagem seja realizada para manter os olhos fixos ao monitor do computador, além dos ombros e pescoço relaxados, o indivíduo deve permanecer com os pés no chão e joelhos levemente ajustados abaixo do quadril.

Clínicas de fisioterapia em SP auxiliam nos recursos terapêuticos para dores nas costas

O acompanhamento profissional realizado por um fisioterapeuta é fundamental para diagnosticar e orientar sobre o tratamento adequado para dores nas costas e problemas similares, como lesões corporais. Dessa forma, é imprescindível que, ao apresentar sintomas ou desconfortos, o indivíduo procure assistência médica especializada, visto que é possível reverter o cenário em algumas sessões de fisioterapia.

Bem como as mudanças na estrutura do ambiente de trabalho, alongamentos e o estabelecimento de pausas entre o expediente, é muito importante que todos incluam novos hábitos no seu dia a dia, como a melhora da postura, alinhados às recomendações de profissionais qualificados em clínicas de fisioterapia em SP .

A SM Care, além de informar seu público quanto aos reflexos que podem causar dores nas costas, é uma clínica que atua na reabilitação de pacientes com excelência técnica, oferecendo diversos tipos de tratamentos, como acupuntura sistêmica, tratamento dermatofuncional e RPG.



Website: http://smcare.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp