30/04/2020 às 12h31min - Atualizada em 30/04/2020 às 21h45min

Vereadora e assessora são detidas com envelope com suspeita de dinheiro falso

Vereadora de Presidente Kennedy

Da Redação

A vereadora de Presidente Kennedy, Mirian Jesus de Faria(DEM), a Mirian de Baldo e mais três pessoas foram conduzidas a Polícia Federal em Cachoeiro de Itapemirim para prestar esclarecimentos sob a suspeita de portarem notas falsas de dinheiro.

Segundo informações, uma assessora foi abordada com um envelope que tinha acabado de retirar nos Correios. Ao ser detida, disse que foi pegar o envelope a pedido da vereadora, que disse que sua irmã quem pediu para pegar o envelope na agência.

Nesta semana os Correios notificaram a Polícia sobre um envelope suspeito após passar por um scanner em um dos centros de distribuição da estatal.

A Polícia Civil monitorava o pacote e montou um cerco em conjunto com a Polícia Militar. Após a apreensão a Polícia Federal fará perícia nas notas.

Portar notas falsas é crime e está previsto no parágrafo 1º do artigo 289 do Código Penal. Pela lei, portar dinheiro falso em qualquer quantia é crime, mesmo que as cédulas não cheguem a ser colocadas em circulação, e ainda, pode gerar pena de 3 a 12 anos de reclusão.

A vereadora foi procurada, mas não obtivemos êxito nas ligações.


Atualização -  às 17h31min

Em nota a Polícia Civil informou que conjuntamente com a Polícia Militar, conduziu quatro pessoas para a Delegacia da Polícia Federal em Cachoeiro de Itapemirim, onde a ocorrência segue em andamento. Todos os detalhes devem ser solicitados ao órgão federal. 

Já a Polícia Federal informou que não pode confirmar os dados demandados no momento.


Atualização -  às 21h45min

Nota da Câmara

Sobre os acontecimentos ocorridos nesta manhã envolvendo a vereadora Mirian Jesus de Faria, a Câmara Municipal de Presidente Kennedy vem informar que as ocorrências noticiadas pela imprensa não dizem respeito a qualquer ato de alçada deste Poder Legislativo Municipal, cabendo apenas à vereadora envolvida prestar as informações pertinentes. Outrossim, esta Câmara acompanhará os desdobramentos dos fatos.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp