11/09/2019 às 11h17min - Atualizada em 11/09/2019 às 11h17min

300 pés de maconha, três armas e um homem preso em Alfredo Chaves

Policiais militares e civis após denúncia anônima descobriram uma plantação de maconha em uma fazenda, no interior de Alfredo Chaves, um homem foi preso

Espírito Santo Notícias

Policiais Civis (PC) e Policiais Militares (PM) da 10ª Ind prenderam em flagrante um homem acusado de ser dono de uma plantação de maconha em uma fazenda, na localidade de São Bento de Urânia, interior de Alfredo Chaves. Com ele 300 pés de maconha, três armas e um vasto material de beneficiamento da droga. A prisão foi realizada na tarde desta terça-feira (10), após denúncia anônima.

De acordo com informações da PM, uma vasta quantidade de pés de maconha, materiais para o beneficiamento da mesma, em um elaborado e organizado processo de cultivo, composto por estufas, irrigação e diversos materiais.

Na residência de I.F.M foram localizadas três armas, sendo 01 revolver cal. 38, 01 espingarda cal 20, e 01 espingarda cal 36. 

O homem detido afirmou que o material era cultivado por ele mesmo e quando prontos eram acondicionados para venda e distribuição para diversos pontos na Grande Vitória pelo valor de R$15.000.00 (quinze mil reais) o quilograma, e todo o transporte e venda era ele próprio quem realizava.

Segundo a PM foram identificados mais de 300 plantas de maconha, mas devido a logística não foi possível encaminhar todo o material para delegacia, sendo necessário que fossem destruídos no local uma quantidade significativa do material, conforme estabelece a legislação que trata da matéria, sendo encaminhada para delegacia uma parte  do que foi localizado, materiais usados no beneficiamento e cultivo da droga e as armas.

Os pés de maconha e o preso foram levados para delegacia de Polícia Civil de Alfredo Chaves e entregues. O delegado que responde pela PC de Alfredo Chaves e o comandante da Polícia Militar no município acompanharam toda operação.

A Polícia Civil informou que o suspeito será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDPG) de Guarapari.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp