24/02/2015 às 21h18min - Atualizada em 24/02/2015 às 21h18min

Ex-servidor da Prefeitura usa diploma falso de Administração para conseguir registro em conselho

Segundo o CRA-ES, o ex-servidor apresentou um diploma falso em Administração pela Universidade Cruzeiro do Sul, com objetivo de obter registro no conselho

Por André Jordão

Um homem é acusado pelo Conselho Regional de Administração (CRA-ES) por apresentar diploma falso de administrador para obter registro no órgão.

Segundo o CRA-ES, o mesmo homem já foi alvo de investigação da Polícia Federal por outras fraudes. Agora cabe ao Ministério Público Estadual do Espírito Santo (MP-ES) apurar o caso e enviá-lo a Justiça para possível instauração de uma ação penal.

De acordo com o órgão, o homem apresentou diploma falso de conclusão de curso em Administração pela Universidade Cruzeiro do Sul – UNICSUL, com objetivo de obter registro no Conselho. Ele já foi alvo de investigação da Polícia Federal sobre fraudes em certames licitatórios, quando atuava em cargo de confiança na Prefeitura Municipal de Presidente Kennedy.

Este é o segundo caso de falsificação descoberto pelo CRA-ES neste ano. Em janeiro, um homem que atuava como gerente administrativo financeiro no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, que apresentou diploma falso, de conclusão do curso de Administração, para obter registro no Conselho e ter acesso à vaga, que é privativa a profissionais devidamente habilitados e registrados.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp