12/02/2015 às 09h49min - Atualizada em 12/02/2015 às 09h49min

Com nova interdição da BR-101, trânsito pesado é desviado por Presidente Kennedy

Manifestação impede tráfego de caminhões. Transporte de cargas pela rodovia, na altura do município de Atílio Vivácqua, está prejudicado

Por André Jordão
Com informações Blog do Paulo Noel
Foi grande o fluxo de veículos pesados passando por Presidente Kennedy e São Francisco de Itabapoana-RJ na noite desta quarta-feira e madrugada desta quinta-feira (12), após protestos de manifestantes que interditaram a BR-101.
 
Segundo a Polícia Rodoviária Federal, apenas ambulâncias, carros de passeio, ônibus, cargas de remédios e cargas vivas têm a passagem liberada pelos profissionais.
 
Manifestações vêm ocorrendo desde a segunda-feira (09), em Atilio Vivacqua, Iconha e na Serra.
 
Os caminhoneiros que seguiam sentido Vitória estavam desviando pela RJ-224, em Travessão de Campos. Chegando ao Centro de São Francisco, alguns motoristas optaram em seguir pela RJ-224 até à divisa com o Espírito Santo seguindo na ES-060 e ES-162. Outros optaram em seguir pela RJ-196, via litoral, chegando até Barra do Itabapoana, e posteriormente acessando a divisa dos dois estados.

A situação é preocupante, sobretudo devido ao péssimo estado de conservação da ponte sobre o Rio Itabapoana, na divisa dos dois estados, entre os municípios de São Francisco de Itabapoana (RJ) e Presidente Kennedy (ES). A ponte precisa de reparos e não estaria preparada para suportar um tráfego intenso de veículos pesados. A situação merece uma atenção dos Departamentos de Estada de Rodagem do Rio de Janeiro e Espírito Santo.
 
A Guarda Civil Municipal esteve auxiliando os caminhoneiros que trafegavam pelo centro de Presidente Kennedy, liberando  a passagem dos veículos da ES-162 para a rua Olimpio Figueiredo, sem precisar contornar o prédio da prefeitura.
 
Seja um colaborador e envie sua notícia, flagra, sugestão de pauta, fotos e vídeos pelo WhatsApp número (28) 99955-4585 ou pelo e-mail [email protected] .

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp