07/02/2015 às 17h53min - Atualizada em 07/02/2015 às 17h53min

Mãe tenta defender filho e os dois acabam mortos em Vitória

A dona de casa Zélia de Souza Almeida, de 51 anos, tentou proteger o filho, Diogo Antunes Ramalho, de 23, e foi baleada no peito

Gazeta Online

Mãe e filho foram mortos na manhã deste sábado (7), no bairro Mangue Seco, em Vitória. A dona de casa Zélia de Souza Almeida, de 51 anos, tentou proteger o filho, Diogo Antunes Ramalho, de 23, e acabou baleada no peito. Diogo tem passagem por tráfico.

Segundo informações de testemunhas, o crime teria sido cometido por bandidos do bairro Andorinhas, rivais dos que atuam no bairro Mangue Seco. O filho mais novo da dona de casa está preso.
 
Famílias destruídas
O crime contra mãe e filho aconteceu no mesmo dia em que outra família, desta vez mãe e filha, também foram mortas na Serra. A motivação é a mesma: briga entre facções rivais.
 
No bairro Jardim Carapina, na Serra, Julia Aparecida Martins, de 51 anos, e Juliana Martins Neves, de 29, foram mortas a tiros na Rua Timóteo, próximo ao ponto final do bairro. A suspeita é de que o crime tenha acontecido porque as vítimas foram a uma festa na região do campo. A "gangue do campo" rival da "gangue do ponto final", onde moravam.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp