21/01/2015 às 08h20min - Atualizada em 21/01/2015 às 08h20min

Produto Interno Bruto capixaba cresceu 30 vezes mais que o brasileiro em 2014

Folha Vitória

O Espírito Santo teve, em 2014, um crescimento 30 vezes maior que o do produto Interno Bruno brasileiro. Depois de sofrer recuo de -1% em 2013, o PIB capixaba fechou o ano de 2014 com avanço de 3%, ante a um aumento de 0,1% nacional. 

Segundo estimativas do Instituto de Desenvolvimento Educacional e Industrial do Espírito Santo (Idéies), em 2015 o Estado avançará 3,5% no PIB e o Brasil, 0,5%. O estudo destaca ainda que, considerando a média dos últimos cinco anos, o Estado cresceu 4,5%, contra 2,7% do país.

Influenciada pelo bom desempenho da indústria extrativa – que registrou acréscimo de 11,9% em 2014 –, a produção física da indústria capixaba chegou aos 5% de crescimento, enquanto a indústria nacional sofreu queda de -3% no ano passado, segundo estimativa do Ideies. Nos últimos cinco anos, o setor produtivo capixaba cresceu 3,5%, acima da média da indústria nacional (1,4%).

O levantamento realizado pelo Ideies aponta que, até 2017, mais de R$ 21 bilhões em investimentos privados serão concretizados no Espírito Santo, gerando cerca de 22 mil postos de trabalho para a construção e 11 mil para a operação das novas indústrias. Destacam-se as obras previstas para Aracruz, Fundão, Itapemirim, Linhares, Presidente Kennedy, São Mateus e Serra.

“É preciso lembrar, porém, que a indústria tradicional enfrenta um momento de grandes desafios no Estado. Nossa perspectiva é otimista, mas com o pé no chão, principalmente porque este será um ano de ajustes. A consolidação dos novos investimentos e a diversificação da indústria é que devem gerar melhorias e novas oportunidades para a economia capixaba”, argumenta o presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Marcos Guerra.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp