15/01/2015 às 08h07min - Atualizada em 15/01/2015 às 08h07min

Hartung pede corte de R$ 1 bilhão em novo orçamento do Espírito Santo

'Quando deixei o governo, investíamos 16% de nossa receita, que era uma das maiores do País. Porém, atualmente nossa capacidade de investimento é zero"

Folha Vitória

Reunido com deputados estaduais no Palácio Anchieta nesta quarta-feira (14), o governador Paulo Hartung (PMDB) apresentou uma previsão de corte no orçamento em torno de R$ 1 bilhão. Durante o encontro, o presidente da Assembleia Legislativa (Ales), Theodorico Ferraço (DEM), convocou os parlamentares para uma sessão extraordinária na próxima segunda-feira, às 15 horas.

Apenas os deputados Marcos Mansur (PSDB), Claudio Vereza (PT), Dary Pagung (PRP) e Nilton Baiano (PP) não compareceram ao encontro com o governador. Vereza enviou a justificativa de ausência pela deputada petista Lúcia Dornellas.

“Precisamos de um orçamento equilibrado e realista. Todos nós sabemos que não adianta ter uma peça orçamentária sem ter dinheiro. Uma receita superestimada leva ao desequilíbrio fiscal. Quando deixei o governo, investíamos 16% de nossa receita, que era uma das maiores do País. Porém, atualmente nossa capacidade de investimento é zero. Precisamos reorganizar o orçamento para no futuro termos capacidade de investir”, explicou o governador Paulo Hartung.

O secretário da Casa Civil, Paulo Roberto, participou da reunião e explicou que todos deverão apertar os cintos em 2015. “A capacidade de investimento do governo com recursos próprios é zero. Em 2015, o governo buscará se reequilibrar para recuperar essa capacidade”, disse o secretário.

Uma comissão formada por técnicos da Secretaria da Fazenda e da Secretaria de Planejamento e Gestão devem elaborar a peça orçamentária até a próxima sexta-feira, quando deverá apresentar um quadro descritiv com os valores que serão destinados ao Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e ao próprio Executivo.

Ainda nesta quarta-feira, o governador Paulo Hartung teve um almoço com o presidente do Tribunal de Justiça, Sérgio Bizzotto. Nesta quinta-feira, ele deverá reunir-se com o Procurador-Geral de Justiça, Eder Pontes.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp