17/01/2018 às 23h08min - Atualizada em 17/01/2018 às 23h08min

Morre vítima de câncer o prefeito de Atílio Vivacqua, Almir Barros

Almir se tratava desde 2016 de grave problema de saúde e precisou se afastar do cargo ano passado. Prefeitura decretou luto oficial de três dias

ES de Fato

O prefeito de Atílio Vivacqua, Almir Lima Barros (PSB), morreu por volta de 19h30 desta quarta-feira (17), no Hospital Unimed, em Cachoeiro de Itapemirim. A prefeitura local decretou luto oficial de três dias.

O corpo do prefeito será velado no centro cultural e esportivo "Scarpão". Almir lutava contra o câncer, doença da qual se tratava desde 2016. A causa de sua morte foi parada cardiorrespiratória.

Na quarta-feira, à noite (16), sua situação clínica piorou e ele precisou ser internado, e seu estado se agravou nesta quarta.

Por conta do agravamento de seu estado, no início da tarde, a solenidade de abertura da 23ª Programação de Verão, que aconteceria à noite no município, foi cancelada pelo prefeito em exercício, Josemar Machado Fernandes (PDT), que está à frente da Prefeitura desde o segundo semestre de 2017, quando Almir precisou se afastar para se tratar.

“Ele estava lutando pela vida. Era uma pessoa muito boa, simples, humilde. Almir tinha muitos sonhos pelo município e vamos seguir com tudo aquilo que ele havia planejado”, destacou o prefeito em exercício.

“Era uma pessoa fantástica, simples, humilde e serena. Deixa um exemplo muito bom para toda a população”, disse o ex-governador Renato Casagrande (PSB).

Na página pessoal do prefeito várias pessoas se solidarizaram com a morte de Almir. “Sempre serei grata por tudo que fez por mim e minha família, descanse em paz prefeito”, disse uma internauta.

“Que Deus conforte os corações de todos os familiares e amigos. Você foi um exemplo de prefeito. Vá em paz”, comentou outra moradora.

Almir Lima Barros tinha 53 anos. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp