23/02/2022 às 10h36min - Atualizada em 23/02/2022 às 11h20min

Cresce a produção de produtos à base de canabidiol

Mercado global tem crescido com produtos indicados para diversas doenças, avalia estudo

DINO
https://farmausa.com/

De acordo com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), somente no ano de 2021 foram solicitadas 38.387 autorizações de importação de produtos à base de cannabis medicinal. Acompanhando esses dados, o mercado farmacêutico apresentou crescimento de 14,9% em 2021 comparado a 2020, segundo a Abrafarma (Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias) neste segmento. Apesar de “novidade” no Brasil, o canabidiol e o THC são indicados para doenças psiquiátricas ou neurodegenerativas, como esclerose múltipla, esquizofrenia, doença de Parkinson, epilepsia, autismo ou ansiedade.

Um estudo feito pelo Portal The Green Hub destaca que para 2024, o mercado global de cannabis legal está estimado em U$$ 55,3 bilhões, e que Canadá e EUA deverão ter maior parte deste mercado. Já a América Latina deve responder por U$ 824 milhões no mesmo ano. Entre 2019 e 2021, o número de autorizações de importação de produtos derivados de CDB foi de 2.723 a 38.387, gerando novos empregos e fazendo surgir indústrias farmacêuticas especializadas, de acordo com o mesmo estudo.

O sócio-diretor da FarmaUSA, Djalma Nogueira, esclarece que "os produtos à base de cannabis precisam ser avaliados e regulamentados pela Anvisa”, não apenas serem incluídos no mercado. A autorização, por usa vez, é muito criteriosa e diferente para produtos produzidos no Brasil e importados, tendo, inclusive, legislações diferentes para ambos os caso. "Existe também a previsão desses produtos serem fabricados no Brasil, o que facilitará ainda mais o acesso à população e vai garantir mais qualidade de vida a quem precisa", destacou. Ainda segundo Djalma, os pedidos de autorização a Anvisa já foram solicitados, e existe uma previsão para que o laboratório da FarmaUsa Life Sciences no Brasil, com sede em São Paulo, para a fabricação de produtos à base de canabidiol, seja inaugurado no segundo semestre de 2022.

Leandro Beltrão, também sócio-diretor da FarmaUSA, informou que o uso medicinal do canabidiol é um assunto ainda complexo no Brasil, mas que todas as ações que eles realizam levando informações através de palestras em eventos, parcerias e reuniões com investidores, têm papel importante na formação de opiniões assertivas com o objetivo de mudar a vida de várias pessoas. Para Helder Oliveira, diretor executivo da empresa, o potencial de investimentos para o mercado farmacêutico global nessa nova cadeia econômica e a oportunidade de tratamentos naturais para algumas doenças que muitas vezes não dão o resultado esperado com os medicamentos tradicionais são considerados os responsáveis em apresentar mais benefícios e oportunidades para quem quer investir no mercado medicinal de produtos à base da cannabis. "Estamos conseguindo cada vez mais quebrar as barreiras", disse o diretor.

“Beltrão também destacou a importância de regulamentar estes produtos derivados da Cannabis, como o Purodiol, Isodiolex, Nabix e Day&Night, de licenciamento da FarmaUsa, tendo em vista crescimento para os próximos cinco anos, mostrando mais uma vez que o mercado será bem lucrativo”, disse Beltrão.



Website: https://farmausa.com/
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp