12/12/2014 às 12h54min - Atualizada em 12/12/2014 às 12h54min

Jovem atropelada por um ônibus em Vitória passa por cirurgia no cérebro

Além do sofrimento em ver a jovem internada, a família luta com outro drama, a falta de assistência da empresa de ônibus que causou o acidente

Folha Vitória

A universitária Larissa Simões Alves, de 20 anos, que foi atropelada por um ônibus do sistema Transcol no dia 29 de setembro deste ano, vai passou por uma nova cirurgia na tarde desta quinta-feira (11), em Vitória. Larissa foi submetida a um processo para retirar o líquido alojado no cérebro.

A jovem está internada há 74 dias. Durante todo este período, luta para viver. Segundo a família, Larissa sempre foi uma jovem religiosa, alegre, próxima da família e dedicada aos estudos.

Aos 20 anos, participava ativamente do grupo de jovens de uma igreja evangélica e fazia faculdade de arquitetura. Mas toda a vitalidade foi interrompida no dia 29 de setembro. A universitária foi atropelada por um ônibus do sistema Transcol. No local do acidente, Larissa recebeu os primeiros socorros, mas os ferimentos eram graves. A jovem foi levada para o Hospital São Lucas, em Vitória e, em seguida, transferida em coma para um hospital particular, em Cariacica.

Desde então Larissa está em coma. Segundo a família, com hidrocefalia, hoje ela está em estado vegetativo, e evoluindo para o quadro de vigília, que é quando o paciente consegue interagir e expressar emoções. Na última semana a jovem fez uma cirurgia onde foi colocado um dreno externo para auxiliar na retirada do líquido alojado no cérebro.

Além do sofrimento em ver a jovem internada, a família luta com outro drama, a falta de assistência da empresa de ônibus que causou o acidente. Segundo o pai de Larissa, nenhuma ajuda foi prestada.

A Unimar Transportes enviou uma nota lamentando a situação e esclareceu que logo após o ocorrido fez contato com o representante legal da vítima se colocando à disposição. Disse ainda que esteve sempre acompanhando o caso e continua disponível para prestar qualquer ajuda necessária à família.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp