31/03/2016 às 14h04min - Atualizada em 31/03/2016 às 14h04min

Kennedense é campeão latino-americano e Sul Continental de bicicross

Coordenadoria de Comunicação - PMPK

O kennedense Ramon Ferreira Leal, de 18 anos,  venceu mais uma etapa  da BMX Supercross World Cup, realizada em Santiago del Estero, na Argentina, nos dias 25 e 26 de março, e foi recebido com aplausos na volta à Presidente Kennedy.

Com a vitória no 3º e 4º rounds, sagrou-se campeão  Latino-Americano e Sul Continental da categoria. Além dessa conquistas,  está entre os seis melhores brasileiros da Copa  Brasil de Ciclismo e já se classificou para o Campeonato Mundial, que será realizado em junho na Colômbia.

O atleta tem alcançado resultados favoráveis em todas as competições em que participa. Em fevereiro já havia vencido o 1º e 2º rounds da World Cup, realizada no Chile. Atual campeão carioca na Categoria Cruizer 17 a 24 anos, o atleta, que começou no esporte aos 12 anos, já foi  Campeão Mineiro de Bicicross em 2010, Campeão da Federação Mineira de Ciclismo em 2011, 3° colocado no Campeonato Brasileiro de Bicicross em 2013,  bicampeão Mineiro em 2014 e 2015 pela Federação Mineira de Bicicross e Ciclismo,  e bicampeão carioca em 2014 e 2015.

Para todas as disputas, o atleta tem apoio financeiro da Prefeitura para passagens, hospedagem e alimentação, além de uma ajuda de custo mensal.

 

Lei de Incentivo ao Esporte

Ramon Ferreira Leal é um dos atletas que recebem apoio financeiro da Prefeitura de Presidente Kennedy para participar das competições, uma vez que o município, através da Lei de Incentivo ao Esporte 982/2011, dá uma ajuda de custo regular  para atletas que competem em disputas oficiais.

O atleta conta que sem o suporte financeiro da Prefeitura não teria condições de competir e conquistar o espaço e os títulos que tem hoje. “ O apoio financeiro da Prefeitura é fundamental. A gente só se preocupa em treinar”.

Hoje, além de Ramon,  são apoiados pela Lei de Incentivo ao Esporte o judoca Lucas Barreto Amarantes e o jogador de futevôlei Dário Pacheco. Para receber o repasse, é obrigatória a prestação de contas regular.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp