29/07/2021 às 15h14min - Atualizada em 30/07/2021 às 17h20min

Adagio Therapeutics nomeia principais executivos farmacêuticos e regulatórios para seu Conselho Administrativo

DINO

A Adagio Therapeutics, Inc., uma empresa biofarmacêutica em estágio clínico com foco na descoberta, desenvolvimento e comercialização de soluções com base em anticorpos para doenças infecciosas com potencial pandêmico, anunciou hoje a expansão da diretoria da empresa com nomeações importantes, entre as quais:

  • Tom Heyman, ex-presidente da Johnson & Johnson Development Corporation (JJDC)
  • Anand Shah, médico, ex-comissário adjunto de assuntos médicos e científicos da Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos EUA
  • Michael Wyzga, presidente da MSW Consulting, Inc.

“Quero dar as boas-vindas a Tom, Anand e Mike em nosso Conselho Administrativo. Eles trazem uma experiência incomparável de suas respectivas funções na indústria e ingressam em um momento críticoàmedida que nos preparamos para a possível comercialização do ADG20 para combater a COVID-19, incluindo o rápido surgimento de variantes do vírus”, disse Rene Russo, cofundadora da Adagio e presidente do Conselho Administrativo. “Ao longo de sua carreira de 37 anos na Johnson & Johnson, Tom ocupou uma série de funções de liderança em P&D, desenvolvimento de negócios, estratégia corporativa e investimentos de capital. Como vice-comissário da FDA até janeiro de 2021, Anand comandou o desenvolvimento de políticas médicas e científicas de consenso e, durante a pandemia da COVID-19, trabalhou com o governo federal e o setor privado para promover o desenvolvimento de vacinas e tratamentos.”

Jane Henderson, diretora financeira da Adagio, acrescentou: “A solidez e disciplina financeiras são de extrema importância para o nosso sucessoàmedida que avançamos em vários ensaios clínicos com o ADG20. Estamos entusiasmados em dar as boas-vindas a Mike em nossa diretoria, que traz anos de experiência na liderança de operações financeiras excepcionais em empresas públicas e privadas da indústria farmacêutica. Mal podemos esperar para trabalhar com ele, bem como com Tom e Anand, e nos beneficiarmos de seus insights inestimáveis sobre o desenvolvimento clínico, melhores práticas financeiras, estratégia regulatória, engajamento de políticas e execução comercial, para que possamos enfrentar esta pandemia global em curso”.

Tom Heyman possui um histórico de longa data na indústria biofarmacêutica, com experiência particular em desenvolvimento de negócios e capital de risco. Mais recentemente, ele atuou como presidente da JJDC, o grupo de capital de risco da Johnson & Johnson, onde administrou aproximadamente US$ 1,5 bilhão de capital e supervisionou investimentos em mais de 120 empresas. Antes de sua função na JJDC, Heyman passou 23 anos comandando o desenvolvimento de negócios para o grupo farmacêutico da Johnson & Johnson, Janssen, onde esteve envolvido em centenas de transações de licenciamento, fusões e aquisições. Sob sua liderança, foram executadas as principais transações de licenciamento para produtos como Levaquin, Aciphex, Incivo, Olysio, Velcade, Invokana, Imbruvica, Xarelto e Darzalex, muitos dos quais alcançaram vendas anuais de mais de US$ 1 bilhão. Além disso, durante sua gestão, ele liderou a Janssen Bélgica por meio de uma reorganização significativa e implementou um novo plano estratégico para o local com grande ênfase na inovação externa e na criação de valor. Heyman formou-se Mestre em Direito pela K.U. Leuven, na Bélgica. Ele continuou com estudos de pós-graduação em Direito Internacional em Genebra (Suíça) e estudos de pós-graduação em Gestão de Negócios na Universidade de Antuérpia (Bélgica).

Anand Shah, médico, é um líder de políticas de saúde dos EUA que recentemente atuou como vice-comissário para assuntos médicos e científicos da FDA. O Dr. Shah comandou o desenvolvimento de políticas médicas e científicas para programas de alta prioridade, incluindo Manufatura Avançada, o Programa de Aceleração do Tratamento do Coronavírus, o desenvolvimento da vacina para a COVID-19 e testes clínicos descentralizados. Sob sua liderança, a FDA iniciou o Plano de Preparação e Recuperação da Pandemia (PREPP) para fortalecer a respostaàpandemia da COVID-19 e a resiliência para futuras emergências de saúde pública. O Dr. Shah representou a FDA junto a formuladores de políticas de alto nível da Casa Branca e do Gabinete, Congresso e governos estaduais e locais dos EUA. Anteriormente, ele atuou na liderança sênior dos Centros de Serviços Medicare e Medicaid, tanto como consultor médico sênior quanto como diretor médico do Centro de Inovação Medicare e Medicaid. O Dr. Shah foi o residente-chefe durante sua residência em oncologia de radiação na Universidade de Columbia. Ao mesmo tempo, ele obteve seu doutorado em Medicina na Universidade da Pensilvânia e um Mestrado em Saúde Pública em gestão e política de saúde pela Harvard School of Public Health. O Dr. Shah é formado em Economia pela Universidade Duke.

Michael Wyzga é o presidente da MSW Consulting, Inc., uma empresa privada focada em consultoria estratégica em biotecnologia, cargo que ocupa desde novembro de 2013. Antes disso, ele atuou como presidente, diretor executivo e membro do Conselho Administrativo da Radius Health, Inc. De 1993 a 2011, Wyzga ocupou vários cargos de administração sênior na Genzyme Corporation, entre eles vice-presidente executivo de finanças e diretor financeiro. Durante seu período com a Genzyme, Wyzga desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento e comercialização bem-sucedidos de uma série de terapias importantes, incluindo Cerezyme para a doença de Gauche, Fabrazyme para a doença de Fabry, Renagel para uso no tratamento de pacientes em diálise e Campath para linfócitos crônicos leucemia. Wyzga atuou em várias diretorias de empresas públicas, entre as quais Mereo BioPharma Group plc, OncoMed Pharmaceuticals, Inc., X4 Pharmaceuticals, GenSight Biologics, LogicBio Therapeutics, Akebia Therapeutics, Inc., Idenix Pharmaceuticals, Inc., Prosensa Holding B.V. Wyzga recebeu um MBA do Providence College e um bacharel em Ciências da Universidade Suffolk.

Sobre a Adagio Therapeutics

A Adagio é uma empresa biofarmacêutica em estágio clínico com foco na descoberta, desenvolvimento e comercialização de soluções com base em anticorpos para doenças infecciosas com potencial pandêmico. O portfólio de anticorpos da empresa foi otimizado com o uso de recursos de engenharia de anticorpos da Adimab líderes no setor, sendo concebido para oferecer aos pacientes e médicos uma poderosa combinação de potência, amplitude, proteção durável (através da extensão de meia-vida), capacidade de fabricação e preço acessível. O portfólio de anticorpos do SARS-CoV-2 da Adagio incluem vários anticorpos amplamente neutralizantes não competidores com epítopos de ligação distintos, liderado pelo ADG20. A Adagio garantiu a capacidade de fabricação para a produção do ADG20 com fabricantes terceirizados por meio da conclusão de ensaios clínicos e, se aprovado pelas autoridades regulatórias, por meio do lançamento comercial inicial. Para mais informações, acesse www.adagiotx.com.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.


Contato:

Imprensa:

Dan Budwick, 1AB

[email protected]

Investidores:

Monique Allaire, THRUST Strategic Communications

[email protected]


Fonte: BUSINESS WIRE
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp