14/07/2021 às 13h30min - Atualizada em 14/07/2021 às 13h30min

CNH Social: ES abre 2.500 vagas para tirar carteira de motorista de graça

As oportunidades são para acesso à primeira habilitação, adição ou mudança de categoria para pessoas cadastradas no CadÚnico. O anúncio das vagas foi adiantado pelo governador Renato Casagrande em seu Twitter

O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES) abriu nesta terça-feira (13) mais 2,5 mil vagas destinadas ao CNH Social. O programa possibilita o acesso à primeira habilitação, adição ou mudança de categoria para pessoas cadastradas no CadÚnico. O anúncio das vagas foi adiantado pelo governador Renato Casagrande pelo Twitter.

Mais 2500 vagas do CNH SOCIAL foram abertas. O programa possibilita o acesso à 1ª habilitação, adição ou mudança de categoria para pessoas cadastradas no CadÚnico. Mais oportunidades para quem mais precisa. Para isso o trabalho não para.

Em uma solenidade realizada no Palácio Anchieta, no Centro de Vitória, o diretor-presidente do órgão, Givaldo Vieira, explicou que o lançamento da segunda etapa da CNH Social é mais um avanço para qualificar os motoristas e também uma oportunidade para que pessoas carentes tenham acesso à habilitação. Os interessados podem realizar a inscrição a partir do meio-dia desta terça até as 23h59 do dia 22 de julho, exclusivamente no site do Detran. Os selecionados serão divulgados no dia 27 de julho.

"É mais uma etapa entregue à sociedade capixaba e que se somam as 3 mil já lançadas no começo do ano e também as 2,5 mil que lançaremos no final do ano, totalizando 8 mil em 2021. A inclusão e aumento de vagas das categorias possibilitou que mais pessoas pudessem ingressar no mercado de trabalho", disse Givaldo Vieira.

Para 2022, a expectativa do Detran é abrir cerca de 5 mil novas vagas para o programa

Nos últimos anos, o projeto contemplou mais vagas destinadas às categorias D e E, saindo de 15% para 40% do montante de CNHs oferecidas. Desta forma, além da habilitação, o contemplado também tem um encaminhamento na obtenção de um emprego na área.

A seleção dos candidatos é feita de forma eletrônica, segundo critérios estabelecidos pelo programa, que consideram a menor renda per capita, maior número de componentes no grupo familiar, candidatos com Ensino Fundamental completo e beneficiário do Bolsa Família. Entre os candidatos que se declararam Pessoa com Deficiência (PCD), poderão ser contemplados somente aqueles cuja deficiência não impeça a obtenção da CNH, na forma da legislação de trânsito vigente.

Além da troca ou obtenção da CNH social nas categorias para veículos pesados, o contemplado poderá se capacitarem um dos cursos disponibilizados para a qualificação, são eles: transporte de produtos perigosos; transporte escolar; transporte de passageiros, transporte de carga indivisível e transporte de veículos de emergência.

Em breve, também será incluído o curso de capacitação para a formação de instrutores de trânsito, visto a demanda existente por estes profissionais nas autoescolas do Estado, segundo informado pelo diretor-presidente do Detran.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp