11/06/2021 às 13h15min - Atualizada em 11/06/2021 às 13h15min

SAMU 192: saiba como e quando acionar o atendimento móvel de urgência em Presidente Kennedy

Da Redação

O município de Presidente Kennedy já tem disponível para qualquer cidadão o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192, que tem como objetivo chegar à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras, que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo a morte. Trata-se de um serviço pré-hospitalar, que visa conectar as vítimas aos recursos que elas necessitam e com a maior brevidade possível.

O SAMU 192 é um serviço gratuito, que funciona 24 horas, por meio da prestação de orientações e do envio de veículos tripulados por equipe capacitada, acessado pelo número "192" e acionado por uma Central de Regulação das Urgências.

Como funciona o SAMU 192

O atendimento do SAMU 192 começa a partir do chamado telefônico, quando são prestadas orientações sobre as primeiras ações. O serviço pode ser acessado gratuitamente pelo número 192, a partir de qualquer telefone, fixo ou móvel. A ligação é atendida pelo Telefonista Auxiliar de Regulação Médica, que identifica a emergência e coleta as primeiras informações sobre as vítimas e sua localização. Em seguida, as chamadas são remetidas ao Médico Regulador, que presta orientações às vítimas e aciona a ambulância quando necessário.

O SAMU 192 tem como finalidade prestar socorro à população em casos de risco à vida. Esse serviço faz atendimento 24 horas por dia e conta com profissionais especializados. Só deve ser acionado em situações críticas. Quando isso acontecer com alguém, disque 192 e um médico fará o atendimento, que poderá ser o envio de uma ambulância ou uma orientação por telefone. É imprescindível estar perto da vítima para responder às perguntas e passar os pontos de referência. Isso ajuda a ambulância a chegar mais rápido, se for o caso.

O SAMU 192 realiza atendimento pré-hospitalar com prioridade para casos de risco à vida, por isso as pessoas não devem passar trotes nem ocupar as linhas telefônicas para solicitar atendimentos que não tenham esse foco.


Acione o serviço em casos de:
- Parada cardiorrespiratória;
- Dor forte no peito (infarto);
- Dificuldade de respirar/engasgo;
- Suspeita de acidente vascular cerebral (derrame);
- Intoxicação (envenenamento);
- Queimadura grave;
- Choque elétrico;
- Acidente de trânsito com vítima;
- Queda grave e fratura;
- Afogamento;
- Surto psiquiátrico;
- Ferimento causado por arma de fogo ou arma branca.

 

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp