07/05/2021 às 19h17min - Atualizada em 07/05/2021 às 19h17min

Aulas presenciais da educação infantil e fundamental serão retomadas em todo o ES

Da Redação

A partir da próxima segunda-feira (10), as escolas públicas e privadas localizadas nos municípios capixabas classificados como risco alto para a covid-19 — como é o caso da Grande Vitória, por exemplo — poderão retomar as aulas presenciais na educação infantil e fundamental I, ou seja, até o 5º ano. As atividades serão nos mesmos moldes presentes hoje nas cidades de risco baixo e moderado, ou seja, 50% dos alunos em sala de aula e os demais 50% em ensino remoto.

A decisão foi anunciada pelo governador Renato Casagrande, durante um pronunciamento na tarde desta sexta-feira (07). A decisão contempla alunos com faixa etária até 10 anos de idade.

Já para os estudantes dos demais níveis de ensino (fundamental II, ensino médio, superior e cursos técnicos), a regra permanece a mesma nos municípios de risco alto, ou seja, só é permitido o atendimento presencial de forma individual e com hora marcada. 

Atualmente, as escolas estão fechadas em 56 municípios capixabas, classificados no risco alto, onde só é permitido o ensino remoto e o atendimento individual. A partir da próxima segunda-feira, segundo a atualização mais recente do Mapa de Risco do governo estadual, divulgada nesta sexta-feira, 24 cidades continuarão nessa classificação, incluindo as da região metropolitana. Outras 42 estarão no risco moderado e 12 no risco baixo.

Durante o pronunciamento, Casagrande explicou que a decisão de retomar as aulas presenciais foi baseada na diminuição no número de internações e mortes por covid-19 no estado, nas últimas semanas. 

"Estamos avançando com relação ao funcionamento da educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental. Estamos em uma fase de desescalada, arrefecendo com a pandemia. Essa faixa, de ensino fundamental I e educação infantil, representa 1,32% do total de casos no estado. Então, nessa fase de descida, essa decisão representa risco para agravar a pandemia", afirmou Casagrande.

Ainda de acordo com o governador, a decisão foi tomada com base em um parecer médico. Segundo Casagrande, estudos apontam que as crianças na faixa etária de até 10 anos representam pouco risco de contágio, tando entre colegas quanto entre professores.

"Temos um parecer da Sociedade de Infectologia do Espírito Santo. Ela assinou tecnicamente, em um debate conosco, que os estudos mostram que, nessa faixa, as crianças transmitem menos e, portanto, não causam disseminação e contágio da doença no momento em que a gente está em queda da doença e o percentual de crianças que se contagiam é muito pequeno", frisou.

Casagrande destacou também que o governo estadual manteve, ao longo das últimas duas semanas, diálogos constantes com diversas entidades envolvidas diretamente no assunto, como o Ministério Público Estadual (MPES), a Defensoria Públicas e os sindicatos das escolas particulares, dos trabalhadores das escolas privadas e dos trabalhadores das escolas públicas. Segundo o governador, o próprio MPES tem posicionamento favorável ao retorno das aulas presenciais para alunos da educação infantil e ensino fundamental I.

"Não há uma concordância geral. As pessoas e as entidades têm posições diferentes, é bom que se registre isso. Mas há uma decisão do governo de dialogar. Nossa decisão está alicerçada em pareceres técnicos e científicos e debatido com as entidades. Nem todas concordam com essa posição, mas é a posição mais madura e mais equilibrada que nós estamos seguindo", afirmou.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Águia Branca, Baixo Guandu, Governador Lindenberg, Ibatiba, Iconha, Itaguaçu, Itarana, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, Muqui, São Roque do Canaã e Vila Pavão.

RISCO MODERADO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Barra de São Francisco, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Ibiraçu, Ibitirama, Itapemirim, Iúna, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Nova Venécia, Pancas, Piúma, Ponto Belo, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São Mateus, Sooretama, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante.

RISCO ALTO: Alegre, Anchieta, Boa Esperança, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Conceição do Castelo, Ecoporanga, Guaçuí, Guarapari, Irupi, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Muniz Freire, Pedro Canário, Pinheiros, Presidente Kennedy, Rio Bananal, São José do Calçado, Serra, Viana, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

Veja o pronunciamento na íntegra:

 
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp