01/02/2021 às 10h12min - Atualizada em 01/02/2021 às 11h20min

Com visor na sala de parto e curso para gestantes e casais, hospitais apostam em inovações voltadas para a experiência dos pacientes

Visor plasmático na sala de parto permite que a família acompanhe o nascimento do bebê

DINO

O momento da chegada de um bebê é muito esperado. Com o objetivo de incluir e aproximar a família na hora do parto, alguns hospitais estão se modernizando e instalando em suas maternidades o visor plasmático, tecnologia que permite que a famosa “janelinha” fique fosca ou transparente e que, assim, a chegada deste novo integrante possa ser acompanhada.

O Hospital e Maternidade Metropolitano Lapa, por exemplo, reinaugurou as suas salas do centro obstétrico com o visor. "A ideia é proporcionar experiências para os pacientes e familiares durante a estadia ou visita. Não é apenas um novo aparato tecnológico que compõe a sala. É a possibilidade de todos vivenciarem este momento único", diz o Dr. Leonardo Kawasaki, diretor do hospital.

O primeiro parto com a novidade foi realizado na última quarta-feira (27), dia em que as salas ficaram prontas, e foi motivo de comemoração entre os profissionais e família. A decisão é sempre da mamãe em querer ou não compartilhar este momento. São três salas de parto na unidade, sendo duas com a possibilidade do visor. A família, no máximo 4 pessoas além do acompanhante principal, deve aguardar em um hall fora da sala e, sob o comando do médico, no momento em que ele achar adequado e seguro para mãe e bebê, um dispositivo é acionado e o vidro fica transparente mostrando o interior da sala cirúrgica. 

Esta é apenas uma das novidades relacionadas à linha materno infantil e experiência dos pacientes na unidade, que começa 2021 também com um curso de gestantes mensal e gratuito para interessados, envolvendo uma equipe multidisciplinar. O time é formado por médico obstetra, enfermeira obstetra, fisioterapeutas, neonatologistas e nutricionistas. Em três horas de curso cada especialidade aborda assuntos que vão desde a descoberta da gestação até o nascimento do bebê. O objetivo é desmistificar e empoderar as pacientes para vivenciar essa fase com mais segurança, esclarecendo dúvidas. Entre as principais perguntas das futuras mamães estão questões relacionadas ao cuidado do bebê e ao momento da amamentação. “É muito gratificante unir o conhecimento de tantos profissionais e perceber a satisfação das pacientes, fazendo parte deste preparo junto com elas e gerando informação”, diz a Dra. Claudia Pacheco, ginecologista obstetra e responsável pela especialidade no hospital Metropolitano Lapa. 

Tradicional no quesito maternidade e atuando há 75 anos na região, o Metropolitano Lapa conta com berçário humanizado, que presta assessoria às mães e bebês durante a estadia com equipe de enfermeiras, neonatologistas, nutricionistas, assistentes de atendimento, fonoaudiólogas entre outros profissionais. A UTI Neonatal dispõe de tecnologia avançada com o que há de mais moderno desenvolvido e disponível no mercado, além de equipe multidisciplinar altamente capacitada.

A unidade reforçou os seus fluxos de segurança durante a pandemia, com a individualização de alguns processos, além da verificação de critérios na entrada de acompanhantes. 

Contato para informações sobre a maternidade e curso de gestante: (11) 36772011

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp