18/09/2020 às 15h56min - Atualizada em 19/09/2020 às 00h01min

Curitiba ganha projeto moderno e eficiente para a iluminação pública da cidade

Projeto no valor de R$ 16.577.819,90 trará redução de custos e manutenção, eficiência e segurança para a capital paranaense

DINO
http://www.energepar.com.br

Até o mês de novembro, Curitiba ganha mais um título no pioneirismo da gestão pública. Até lá será implementado um novo parque de iluminação na cidade. Trata-se da instalação de luminárias de LED, muito mais modernas e eficientes do que as atuais, que utilizam lâmpadas de vapor de sódio. "Em projetos como este, a economia gerada é o que mais chama a atenção. Além dos ganhos em consumo de energia, também são reduzidos os custos com manutenção e, até mesmo, na segurança. As luminárias de LED são dimerizáveis (reduzem e aumentam o fluxo luminoso), e possuem entrada para o sistema de telegestão, o que deixa Curitiba ainda mais próxima de ser uma Smart City", explica Julio de Oliveira Dias Junior, Diretor da Energepar.

A contratação de serviços e fornecimento de materiais para a substituição de luminárias viárias HID 100W por luminárias LED, emplaquetamento e atualização dos pontos no software de gestão do município acontece em todas as regionais de Curitiba: Boa Vista, Cajuru, CIC, Matriz, Portão e Santa Felicidade. Ao deverão ser substituídas ao todo 14.525 luminárias nessas regiões.

"O primeiro impacto para o cidadão é econômico devido ao baixo consumo de energia das luminárias de LED. Em segundo plano, vale trazer a pesquisa do Bureau Nacional de Pesquisa Econômica dos Estados Unidos, que fez um experimento em 40 ruas de Nova York e constatou uma redução de 36 até 60% nos crimes", completa o Diretor. Considerando que 11% destes crimes são noturnos, isso significa uma redução de 4%. Como explica o professor da FGV-SP, Paulo Arvate, "para a literatura do crime, 4% é uma excelente redução". Para exemplificar melhor, alguns pesquisadores apontam que para atingir este nível de redução seria necessário aumentar o efetivo policial em 10%. É impossível mensurar com precisão o benefício para os cidadãos em uma cidade que poderia ter os comércios abertos até mais tarde e uma vida noturna ainda mais ativa, mas com certeza, seriam muitos. Em resumo, Curitiba ganha eficiência, segurança, baixo consumo de energia e garantia de 5 anos do produto, representando uma economia de aproximadamente 60%.

Projetos semelhantes ao que está sendo implantado em Curitiba pela Energepar já estão dando resultado no Brasil e no mundo. A evolução para iluminação pública em LED é uma tendência mundial. Na Europa, continente com o maior número de Smart Cities no planeta, essa transição já acontece há alguns anos e, até 2025, a Comissão Europeia pretende realizar a mudança em mais 10 milhões de pontos. Países como a Inglaterra, Dinamarca, França e Holanda são pioneiros nessa política. No Brasil, no entanto, este ainda é um movimento que está iniciando. Belo Horizonte é a maior referência entre as capitais, onde estima-se que 10% da iluminação pública é feita com luminária de LED e Porto Alegre irá iniciar o projeto para mudança de 100.000 pontos, estimando uma transição total para a nova tecnologia até 2023.

Informações para a imprensa: Básica Comunicações
Daniela Licht - (41) 9 9228-9577
E-mail: daniela@basicacomunicacoes.com.br



Website: http://www.energepar.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp