16/09/2020 às 18h27min - Atualizada em 17/09/2020 às 00h03min

Hospitalhaços mantém vocação para fazer sorrir mesmo em tempos de pandemia

Apenas 65% das despesas com os projetos é custeada por projetos aprovados pela Lei de Incentivo Cultural. O restante a ONG consegue captar por meio de eventos, palestras, vendas no bazar e doações. Nos últimos seis meses essa receita extra foi a 10% das necessidades. A ONG Hospitalhaços precisa de ajuda para continuar o trabalho humanitário

DINO
http://www.hospitalhacos.org.br

A Hospitalhaços é uma Organização Não Governamental, fundada em 1999 por Walkiria Camelo, que utiliza a arte do palhaço para levar sorrisos ao ambiente hospitalar. O desafio é criar uma atmosfera mais leve, alegre e descontraída a pacientes, familiares e profissionais da Saúde. Para realizar este trabalho, a ONG conta com a participação de 400 voluntários, sendo 300 palhaços humanitários divididos em 37 equipes, além de brinquedistas e colaboradores que ajudam no bazar e parte administrativa.

Antes da pandemia, a Hospitalhaços atendia presencialmente em 31 hospitais localizados em 20 municípios: Campinas, Valinhos, Indaiatuba, Hortolândia, Sumaré, Americana, Paulínia, Jaguariúna, Mogi Mirim, Mogi Guaçu, São Paulo, Francisco Morato, Porto Feliz, Salto, Tatuí, Cerquilho, Laranjal Paulista, Tietê, Recife e Rio de Janeiro. Todo esse empenho fez com que a ONG atingisse a marca de 35 mil atendimentos mensais, entre pacientes, acompanhantes e corpo clínico. Além disso, são sete brinquedotecas, um grupo artístico, um grupo de pesquisa e oficinas e treinamentos constantes para os voluntários.

Com o afastamento presencial dos Hospitais por conta da Covid 19, a ONG Hospitalhaços se reinventou e iniciou projetos virtuais de grande alcance para atendimentos a pacientes em situação de isolamento e vulnerabilidade nos hospitais atendidos. As brinquedistas das brinquedotecas iniciaram o projeto "Contação de Histórias", gravado na sede da ONG com toda segurança e divulgado por meio das redes sociais e também com o apoio e divulgação dos hospitais em avisos e links nas portas das brinquedotecas. Já a equipe de palhaçaria não parou um minuto de realizar treinamentos virtuais com temas como Yoga do Riso, Oficinas de Teatro e Libras, além de projetos de Fotografia Virtual, Clownversa afiada, e Drive Thru de carinho.

Atualmente os palhaços humanitários estão fazendo visitas virtuais aos pacientes já em vários hospitais da região de Campinas. A área de eventos criou mesmo durante a pandemia, diversas ações de drive thru de alimentos a fim de gerar receita. O Bazar com abre e fecha das imposições Estaduais e Municiais, teve sua renda altamente impactada.

Todo trabalho de 21 anos de ajuda humanitária está sendo seriamente impactado.

Os trabalhos da ONG podem ser acompanhados por meio das redes sociais Facebbook e Instagram, e as doações realizadas no link do site www.hospitalhacos.org.br.

Em 2020 a Hospitalhaços tem o patrocínio por meio da Lei de Incentivo à Cultura das seguintes empresas: CPFL; Motorola; Avery Dennison; CI&T; RUFF; Cirúrgica Fernandes; Antibióticos do Brasil; Croda do Brasil e Mercalf, Risel.



Website: http://www.hospitalhacos.org.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp