14/09/2020 às 15h11min - Atualizada em 15/09/2020 às 00h01min

Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André completa 120 anos

A sociedade surgiu da necessidade de amparo ao imigrante italiano da região do Grande ABC

DINO
http://italobrasileira.com.br/

No próximo dia 20 de setembro, a Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André completará 120 anos, um período marcado por muitas histórias e recordações que tiveram início como Società Italiana di Mutuo Soccorso Savoia, em 1900. Coincidentemente, 20 de setembro foi a data da reunificação da Itália, no ano de 1870 e protagonizada por Giuseppe Garibaldi, Giuseppe Mazzini e a casa dos Savoia, cujo reinado só foi interrompido com a proclamação da República em 1946.

Em 1939, durante a Segunda Guerra Mundial, o nome Itália teve que ser suprimido e passou a denominar-se Società di Mutuo Soccorso di Santo André, suprimindo-se também o nome Savoia. Em 1950 passou a se chamar Sociedade Beneficente e Recreativa Santo André e, finalmente em setembro de 1962, Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André.

A sociedade surgiu da necessidade de amparo ao imigrante italiano da região do Grande ABC que, assim como os demais cidadãos, não encontravam nos poderes públicos qualquer tipo de assistência, e nessa época a região passava a se desenvolver de maneira rápida com a colaboração dos imigrantes que para cá vieram, mas enfrentando muitas dificuldades.

Influenciados pelas fundações de sociedades de mútuo socorro, tanto em São Bernardo do Campo como em São Caetano do Sul, surgiu a sociedade da qual Giuseppe Nasossi foi um grande entusiasta. "Obviamente muitos outros participaram dessa iniciativa e tiveram influência, não só na história da nossa sociedade como na história de Santo André, que na época vinha se despontando como um polo industrial e econômico importante dentro do Estado de São Paulo", destaca o presidente Wilson Roberto Davanzo.

Hoje, com 190 sócios ativos, a entidade tem como objetivo congregar sócios que participam de atividades culturais e eventos ligados à tradição italiana, como a comemoração da República Italiana, Dia do Imigrante Italiano e outras que lembram costumes e hábitos de seus ancestrais, tanto na cultura, culinária como na arte. Afinal, o Brasil tem a maior população de descendentes italianos fora da Itália, algo em torno de 30 milhões. Existe, ainda, uma cidade irmã na Itália - Sesto de San Giovanni - localizada na Lombardia, firmada através de um acordo de Gemellaggio, em 1997.

"Nossas instalações, localizadas na Rua Airó, 69 - Vila Gilda, em Santo André, propiciam local adequado para eventos, com amplo salão para festas, auditório confortável e equipado, além de um amplo estacionamento. Temos ainda a parceria com uma tradicional escola de língua italiana, que apesar de independente, é nossa grande parceira. Outro tesouro da Sociedade Cultural Ítalo-Brasileira de Santo André é o seu Coral, que há 20 anos integra o patrimônio cultural de nossa entidade, sendo reconhecido e respeitado como um dos melhores do Estado", acrescenta Davanzo.

Toda essa tradição é mantida por meio de trabalho de toda uma diretoria que se empenha de maneira intensa para manter viva uma sociedade centenária, respeitada e ciente do seu papel dentro da história da região do Grande ABC e na manutenção da tradição dos seus ancestrais italianos.



Website: http://italobrasileira.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp