30/06/2016 às 13h57min - Atualizada em 30/06/2016 às 13h57min

Ex-detento se forma em direito e apresenta TCC para juíza que o permitiu estudar

Lincoln concluiu a pena de sete anos por latrocínio em 2012 na Penitenciária Agrícola de Palhoça

Gazeta Online

O ex-detento Lincoln Gonçalves Santos, de 32 anos, formou-se em Direito e surpreendeu a todos ao convidar para a banca de avaliação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) a juíza que lhe concedeu a liberdade condicional após a progressão de regime.

O formando apresentou o trabalho 'O sistema prisional brasileiro e a possibilidade de responsabilização internacional do país, por violação de documentos internacionais de proteção dos direitos humanos' pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), na cidade de São José, em Santa Catarina.

Lincoln concluiu a pena de sete anos por latrocínio em 2012 na Penitenciária Agrícola de Palhoça. De acordo com o professor do curso de Direito e orientador de Lincoln, Rodrigo Mioto dos Santos, desde o início da orientação eles falavam sobre a possibilidade de convidar a magistrada, ideia aprovada em comum acordo entre aluno, orientador e coordenação do curso.

Na apresentação do trabalho, o agora bacharel de direito utilizou uma charge do chargista Amarildo, de A Gazeta. A arte propõe uma reflexão sobre a precarização do sistema prisional brasileiro, tema abordado pelo estudante no trabalho.

Foto: Amarildo

Charge publicada em junho de 2009


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp