17/02/2021 às 10h27min - Atualizada em 17/02/2021 às 12h20min

Grupontapé lançará temporada da videopeça “Questão de hábito em tempo de isolamento” em pleno pico da pandemia da Covid-19

Videopeça original, criada a partir do espetáculo autoral mais longevo do Grupo de teatro de Uberlândia, ficará “em cartaz”, na internet, dos dias 21 a 28 deste mês, e promete entreter as pessoas em casa.

DINO
https://www.youtube.com/channel/UC32CHaAL-06tjybrVgdqMKw

Uberlândia, fevereiro de 2021 - Após a pré-estreia da videopeça "Questão de hábito em tempo de isolamento", em plataforma virtual, no mês de dezembro do ano passado, o Grupontapé, tradicional Grupo de teatro de Uberlândia, lançará, no dia 21 deste mês, a videopeça com temporada na internet que é uma sequência do enredo de "Questão de Hábito", espetáculo mais apresentado do Grupo ao longo dos 26 anos de estrada.

A videopeça é resultado da reinvenção do Grupontapé, que mesmo devido à pandemia, não deixou de fomentar o teatro e a cultura. Ela ficará em cartaz até o dia 28, com apresentações no canal do YouTube do Grupo, sempre às 20 horas, e em seguida será retirada do ar.

Essa temporada é realizada com recursos da Lei Federal 14017/2020 - LEI ALDIR BLANC, por meio da seleção no Edital de Fomento da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo do Município de Uberlândia, e prevê oito exibições gratuitas da videopeça.

Inovação

A Cia., uma das pioneiras no estado de Minas Gerais, decidiu se "jogar" na internet para dar continuidade aos trabalhos, democratizando cada vez mais o teatro, colaborando para entreter as pessoas em casa, reforçando o isolamento social.

"Como vivemos momentos de escassez, nós nos adequamos com uma produção enxuta e totalmente caseira. Usamos equipamentos alternativos como celulares, câmeras dos atores e programas abertos de edição operados pela equipe, sem contratações de profissionais da área de vídeo", conta o produtor.

Para a atriz e cofundadora do Grupontapé, Katia Bizinotto, a videopeça foi uma experiência totalmente inovadora. "Já fizemos teatro, cinema, mas criar esse material foi algo totalmente diferente. A nossa videopeça era um formato que não existia, e isso nos emociona, porque o Grupontapé sempre teve que roçar o mato e abrir caminhos. Com essa produção esperamos ajudar na conscientização desse período que estamos passando e também chegar mais perto do público, com questões concretas do cotidiano de um trabalhador e uma trabalhadora, em tempo de isolamento. Arte pra mim só tem sentido se eu puder servir", ressalta Kátia.

Questão de hábito

Desde 1995 os personagens João, Rita, Sara Lia e Joca percorreram cerca de centenas de cidades onde se apresentaram para um público superior a 1 milhão de pessoas propondo uma reflexão sobre o comportamento humano. A peça "Questão de Hábito" nasceu praticamente com o Grupontapé para, por meio da técnica de teatro aplicado, unir as artes cênicas e a educação.

O espetáculo conta a história de pessoas que enfrentam problemas comuns nas relações pessoais e profissionais. Na peça, os maus hábitos demonstram o descuido misturado com alienação e a baixa autoestima. "A peça é uma comédia com momentos de caráter didático", conta Katia Lou, autora do texto e que também deu vida à personagem Sara Lia.


Novos tempos e novos desafios

A expertise acumulada de transformar temas relacionados ao comportamento humano em apresentações teatrais, que acontecem em qualquer espaço, aliada à situação de isolamento que vivemos hoje, inspirou a autora na criação do texto atual. "Foi mais uma proposta de experiência audiovisual, só que sem os recursos que tivemos à disposição, quando filmamos nossos dois filmes que foram Asas ao redor de mim e Bravo", explica Katia Lou.

"Nós nos adaptamos mais uma vez e assim como, lá no início, o lançamento da peça Questão de Hábito, grande responsável pela existência e manutenção do grupo até aqui, veio para resolver um problema que tínhamos naquela época que era a falta de um repertório adequado para o público daquele momento. Eu creio que com ‘Questão de hábito em tempo de isolamento’ encontramos uma solução adequada ao atual momento, pois com esse formato de videopeça, conseguiremos driblar as circunstâncias e chegar ao nosso público", destaca a autora.

Katia Lou acredita ainda que, ao mesmo tempo, o Grupontapé começa a estabelecer uma interação mais profunda com o ambiente virtual, que fará cada vez mais parte do cotidiano das pessoas daqui para a frente. "E nós como grupo de teatro, se quisermos continuar conectados com nosso público, devemos estar preparados para estes novos tempos com suas novas formas de comunicação", conclui Lou.


Questão de hábito em tempo de isolamento

Se antes os personagens circulavam entre a empresa onde trabalhavam, suas casas, no ponto de ônibus e lugares sociais, nessa nova etapa, com a pandemia, a trama passa-se unicamente nas casas dos personagens: o casal João e Rita, os recém-enamorados Joca e Sara Lia e o Dr. Beto, novo personagem da história.

Sara Lia e Joca tentam continuar sua paixão interrompida pela pandemia e Rita e João seguem em busca de hábitos mais saudáveis na convivência turbulenta do casal.

São pessoas que, como toda a população, foram surpreendidas pela pandemia do Covid-19 e buscam entender e encarar essa nova realidade da melhor maneira possível, tanto no campo pessoal quanto no profissional.

A trama busca sensibilizar o espectador para o momento presente, levando informações sobre saúde e biossegurança, com comicidade e seriedade, características essenciais do teatro aplicado, desenvolvido pelo Grupontapé ao longo de seus 26 anos de trajetória.


Serviço:
O quê: Temporada da videopeça "Questão de hábito em tempo de isolamento"
Quando: 21 a 28 de fevereiro de 2021
Horário: 20 horas*
Onde: Canal do Grupontapé no YouTube
*A videopeça será retirada do canal após a exibição a cada dia


FICHA TÉCNICA E ARTÍSTICA
PEÇA: Questão de Hábito em tempo de isolamento
CLASSIFICAÇÃO: livre
DURAÇÃO: 48 minutos
ROTEIRO E DIREÇÃO: Katia Lou
ELENCO: Bia Pantaleão, Breno Maia, Imanol Tolaretxipi, Kátia Bizinotto, Welerson Filho
FIGURINO: Flávio Arciole / Camarim: Maria Rosa dos Santos / Edição: Cláudio Henrique Strondum
PESQUISA MUSICAL Katia Lou / Direção de Fotografia: Cláudio Henrique Strondum / DIREÇÃO DE ILUMINAÇÃO: Cláudio Henrique Strondum e Katia Lou / Produção Executiva: Marisa Cunha e Eder Florêncio / Assistente de Produção: Rafael Bizinotto / Office boy: Eliene Ricardo / Assessoria de Imprensa: Érica Magalhães / Marketing Digital e Mídias Sociais: Balaio do Cerrado Produtora.
COORDENAÇÃO DO NÚCLEO ARTÍSTICO: Katia Lou / Coordenação Administrativo-Financeira: Katia Bizinotto / Coordenação de Execução Orçamentária: Aline Fra



Website: https://www.youtube.com/channel/UC32CHaAL-06tjybrVgdqMKw
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp