07/08/2015 às 16h44min - Atualizada em 07/08/2015 às 16h44min

Obras do Porto de Vitória serão concluídas em março de 2016, diz ministro

Ele garantiu ainda que as obras, que custarão R$ 128 milhões, e ficarão prontas no início de 2016. Com as mudança, a profundidade do porto passa de 11 metros para 14 metros

Folha Vitória

O ministro de Portos, Edinho Araújo, disse nesta sexta-feira (7) que as  obras de dragagem (retirada de sedimentos) e derrocagem (retirada de pedras e rochas) do Porto de Vitória  serão concluídas no primeiro trimestre de 2016, mesmo com os cortes impostos no ajuste fiscal. O custo total da intervenção vai ser de R$ 128 milhões.

Segundo o ministro, a partir da próxima semana as obras serão retomadas. Com as obras, a profundidade do porto será ampliada, com isso, os navios poderão sair e chegar ao porto transportando mais carga que a capacidade atual. A primeira intervenção aconteceu no mês de maio de 2012, quando a conclusão estava prevista para dezembro de 2013.

Araújo lembrou ainda que o aumento da profundidade do porto passará de 11 metros para 14 metros. “ Essa retomada das obras é estrutural. É também muito importante para o Espírito Santo e para o Brasil. Essa ação vai possibilitar novos empregos e facilidade para investimento”, afirmou. 

As obras serão realizadas ao longo do canal de acesso, na bacia de evolução e nos berços de atracação do Porto de Vitória. Após a coletiva, realizada no Palácio Anchieta, em Vitória, o ministro seguiu para as instalações de Portocel, em Barra do Riacho, Aracruz. A ideia do encontro é discutir o funcionamento dos portos capixabas, colher informações sobre as obras de drenagem do porto de Vitória e, principalmente, acompanhar a alteração na poligonal Barra do Riacho - porto público que abriga terminais privados.

Canal Portuário em números

- Canal de Acesso
Comprimento: 7.500 m
Largura Máxima: 215 m
Largura Mínima: 75 m
Maré Média: 1,04 m
Calado Máximo: 10,5 m
Navio: Tipo Panamax 

- Bacia de Evolução
Raio: 150 m
Calado: 10,50 m

Terminais de carga no Sul

Durante a coletiva, o governador Paulo Hartung (PMDB) informou que o Ministério dos Portos autorizou a construção de Terminais Portuários de uso Privado na Região Sul do Estado. “É uma região que precisamos dinamizar a economia. São dois terminais, sendo um da Edison Chouest e outro da Itaoca Offshore. Estamos vivenciando um período desafiador em nosso país, e para o nosso Estado estas medidas anunciadas são de muita valia e importantes para que o Espírito Santo avance e ajude o Brasil a crescer, gerando renda e oportunidades”, avaliou o governador.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp