28/05/2015 às 12h14min - Atualizada em 28/05/2015 às 12h14min

Professor universitário é preso com quase 10 kg de maconha em Linhares

Eles foram abordados em um carro e confessaram que eram donos da droga. Os policiais militares também foram até um apartamento no centro do município

Folha Vitória
O professor universitário (que veste camisa azul) teria deixado um bilhete para os alunos (Foto: Divulgação/PM)

Dois professores e outros dois suspeitos foram presos, na madrugada desta quinta-feira (28), com quase 10 quilos de maconha no bairro Interlagos, em Linhares. Segundo a polícia, o professor universitário Vasconcelos Zuqui, de 39 anos, e o professor de educação física Bryan Pinheiro Marques, de 33 anos, foram detidos após denúncias anônimas. Além deles, estão presos Michelly de Souza Fraga, de 24 anos, e Tiago Conceição Pereira, de 26 anos.

No momento da abordagem, os professores estavam em um carro preto e com eles foram encontrados 800 gramas de maconha. Eles confessaram que eram donos da droga. Os militares também foram até um apartamento no centro do município. Lá Michelly e Tiago foram detidos. 

Após revistarem a residência a polícia encontrou mais nove quilos do entorpecente, um caderno de anotação com uma lista de clientes, uma balança de precisão e um cheque no valor de R$ 12 mil. 

Tiago assumiu para a PM que usava o apartamento para esconder a droga para Vasconcelos e que receberia R$ 500 pelo favor. De acordo com a Polícia Civil, todos os envolvidos foram levados para a Delegacia Regional de Linhares e depois encaminhados para a Penitenciária Regional de Linhares.

Depois da prisão, o professor universitário, que também é coordenador de um curso em uma faculdade particular do município, teria escrito um bilhete, no qual diz que afirmaria que não é traficante. Ele teria pedido que os alunos deem apoio à esposa que está grávida e deve estar bastante abalada. "Só o que posso dizer é que estava na hora errada e no lugar errado", finalizou o bilhete.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp