20/05/2015 às 11h37min - Atualizada em 20/05/2015 às 11h37min

Município com mais verba não tem esgoto

Em Presidente Kennedy, cidade mais rica com o dinheiro do petróleo no Estado, falta infraestrutura e até mesmo asfalto

Jornal A Tribuna

Direitos básicos dos cidadãos, como esgoto tratado e ruas asfaltadas, ainda são coisas difíceis de se ver em Presidente Kennedy, a cidade mais rica com o dinheiro do petróleo no Espírito Santo. Nada por lá remete à riqueza que a indústria petrolífera gera.

Para se ter uma ideia, em 2013 o município do Sul do Estado recebeu R$ 251 milhões em royalties e participações especiais, de acordo com o anuário Finanças dos Municípios Capixabas. 

No entanto, segundo um levantamento da Universidade de São Paulo (USP), quase 70% dos 11 mil moradores não têm esgoto encanado.

A prefeita da cidade, Amanda Quinta, admite o fato e vai além: “Atualmente, posso dizer que nada, nenhum esgoto é tratado”.

Uma das principais avenidas do município, a Orestes Bahiense, que leva à sede da cidade, onde se concentram as poucas ruas que têm asfalto, não tem uma parte de sua extensão sequer calçada.

Muitas ruas, em comunidades mais afastadas do centro, aliás, não têm nem nomes. Isso porque ainda é preciso fazer o georreferenciamento dos dados, segundo a prefeitura.

O projeto, no entanto, está parado pois foi questionado no Tribunal de Contas do Estado por uma empresa que participou da licitação e não venceu.

Nas outras quatro cidades do Estado que mais recebem o dinheiro do petróleo — Itapemirim, Linhares, Marataízes e São Mateus —, problemas também são visíveis. Esgoto a céu aberto e ruas sem calçamento não são difíceis de se achar.

A população de Presidente Kennedy parece estar se reerguendo do baque sofrido em 2012, depois que uma operação da Polícia Federal prendeu o então prefeito Reginaldo Quinta, tio da atual prefeita, e mais 27 pessoas, incluindo o presidente da Câmara Municipal.

A prefeita promete melhorar a autoestima dos moradores. “A autoestima da população até hoje está abalada por tudo o que aconteceu. Ou você trabalha com coerência e transparência para a população ou ela acaba desacreditada”, ressaltou a prefeita Amanda Quinta.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp