07/08/2020 às 11h08min - Atualizada em 07/08/2020 às 11h08min

Pré-candidato a prefeito de Presidente Kennedy desiste de disputar Eleições 2020

Ele fala da dificuldade de reunir pessoas e a pandemia

Da Redação



O médico Dr. Eduardo Antônio Leite publicou em rede social de compartilhamento um comunicado (Leia abaixo) desistindo de sua candidatura a prefeito de Presidente Kennedy. Ele vinha trabalhando seu nome como uma  nova opção para o município.

O médico, que é filiado ao partido Partido Verde (PV) de Presidente Kennedy desde 2007, vinha tentando trabalhar seu nome como opção dentro do partido e em redes sociais. Em seu comunicado, entre os motivos de sua desistência, ele fala da dificuldade de reunir pessoas e a pandemia.

PV de Presidente Kennedy
Em contato com o presidente do partido, Elber Almeida, ele confirmou o desejo de Dr. Eduardo de ser o candidato do partido a cadeira número 1 do executivo municipal e que com sua desistência, o partido continuará trabalhando para definir um nome para uma eventual candidatura a prefeito pelo PV. Segundo Elber, eles estão aguardando uma clareza melhor do cenário político de Presidente Kennedy para decidirem se terão um candidato ou não.

Veja anúncio:
Comunicado
Dr. Eduardo Leite,
Infelizmente venho tornar público ,que devido a pandemia, devido à dificuldade pra unir ou reunir as pessoas, devido à redução da arrecadação e dos trabalhos motivados pela pandemia, devido a dificuldade financeira e a crise econômica, devido problemas familiares, entre eles, a perda de meu pai e outros fatores, é que comunico minha desistência de minha candidatura a prefeito de Presidente kennedy.

Com isto me coloco a disposição de outros candidatos para agregar apoio dentro da ética e da lei. Com o devido respeito, peço minhas desculpas.
Atenciosamente,
Dr. Eduardo Leite.



Em contato com Dr. Eduardo para entender melhor seu desejo de ser prefeito de Presidente Kennedy, ele disse:

"
Porquê senti um desamparo muito grande do povo, o pobre se precisasse de um exame, mesmo de urgência, precisava esperar longo tempo, até dias. Já o rico, era pago na hora pra fazer. Na educação até professor analfabeto o município tinha, uma falta de administração enorme, com escolas funcionando completamente diferente uma da outra. Escolas organizadas e outras desorganizadas. A pobreza em Kennedy é endeusada, a oferta de trabalho inexiste. A quantidade de drogas ilícitas é enorme. Autoridades envolvidas em corrupção, Ambulância parecia um ponto de taxi, não param nunca. As estradas do município não tinha nenhuma. Na última eleição resolveram calçar e calçaram 25% do municipio. Ruas sem calçamento, praias abandonadas. Alimentação no hospital péssima, Pessoas "mamando" demais, tinha gente usando carro oficial como se fosse seu carro particular e muitas coisas erradas."


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp