31/07/2020 às 08h19min - Atualizada em 31/07/2020 às 08h21min

Startup de educação do Nordeste ajuda jovens a se prepararem para o Enem e vestibulares

Cinco amigos de Sergipe se juntam para desenvolver plataforma que democratiza o acesso de jovens a programas preparatórios de ensino para a universidade. Como? Combinando preço justo, conteúdo atual e muito bom humor

DINO
http://www.explicae.com.br

Há quem nunca tenha ouvido falar das Edtechs. Elas são as startups de educação, que estão mudando o modelo de ensino. Essa nova forma utiliza o poder da tecnologia para oferecer uma forma inovadora de aprendizagem. Esse é caso do Explicaê, fundada há quatro anos, que já conquistou dois milhões de alunos e que, recentemente, fez uma parceria com o governo de São Paulo para atender à rede pública estadual.

Quando se juntaram para criar o Explicaê, em 2016, os sócios Bruno Oliveira, David Barreto, Gil Vieira, Nicolas Matos e Thyago Otoni carregavam o mesmo propósito: desenvolver um negócio, que colocasse o jovem estudante no centro da estratégia. Outra ideia que aproximava os cinco amigos era permitir que esses jovens pudessem ter acesso a um modelo de ensino de qualidade e custo baixo, que os ajudassem a entrar na universidade.

Com recursos próprios, os cinco empreendedores tiraram a ideia do papel e o plano de negócios se transformou em rotina de muito trabalho. Para atrair e conquistar estudantes, apostaram também na produção de conteúdos atuais, com linguagem leve e bem-humorada. Tudo com interatividade, colaboração e muita participação do aluno, para que o estudante se torne protagonista de todo esse processo, algo que eles acreditam que não acontece no método tradicional de ensino.

O modelo deu certo. Quatro anos depois, a startup contabiliza dois milhões de alunos, espalhados por todo o país. Apenas no ano passado, registrou um crescimento de 342% em seu faturamento. Tem mais de 120 colaboradores, entre professores e monitores, desenvolvedores na área de tecnologia e profissionais de áreas como recursos humanos, financeiro, marketing e relacionamento com aluno. Agora, comemora um grande passo: a parceria com a Secretaria de Educação do Estado de São Paulo para incluir os alunos do Ensino Médio em seu programa de estudos.

Segundo o Cofundador e COO do Explicaê, Bruno Oliveira, a política de isolamento social provocada pela pandemia de COVID-19 acabou acelerando o debate sobre o uso de novas tecnologias na educação. "O ensino mediado pela tecnologia é uma realidade no mundo. O aprendizado no EAD representa uma experiência bastante rica, que oferece um enorme potencial para o desenvolvimento dos estudantes" avalia.

No caso do Explicaê, Oliveira ressalta que as videoaulas são curtas, com 12 minutos cada, um conteúdo rico aprofundado, produzidas de acordo com a linguagem do estudante, em linha com as novas crenças, valores e hábitos do jovem brasileiro.

São mais de 3 mil apostilas 100% autorais em PDF - e não resumos -, com exercícios e questões orientadas a cada disciplina. Sempre ao final das simulações, o aluno tem acesso ao resultado de seu desempenho e o gabarito das questões. O sistema indica qual é o conteúdo a ser estudado posteriormente, de acordo com as respostas erradas. Tudo de uma maneira que tenta ser o mais pessoal e próximo do estudante.

Quem são os empreendedores do Explicaê?

Declarados apaixonados pela educação, os cinco sócios unem expertises diferentes e carregam os chamados valores de um empreendedor: dedicação, persistência, resiliência e criatividade.

Bruno Oliveira - Publicitário por formação, começou a empreender aos 17 anos. Já desenvolveu diversos negócios de sucesso, mas que por erros de gestão quebraram, e ele não vê problema nenhum em falar sobre isso, diz que foi o seu MBA. Conseguiu se reerguer, tornando sua empresa de publicidade a mais premiada do Estado de Sergipe por três anos consecutivos. Mesmo assim, ele decidiu largar tudo, se demitiu da própria empresa, e começou tudo do zero novamente para se dedicar ao Explicaê. Atualmente é Cofundador e COO, e seu espírito inquieto e empreendedor o fez enxergar nas ideias de Nicolas, um negócio que poderia ser um sucesso.

David Barretto - Herdeiro de um tradicional negócio imobiliário em Sergipe é cofundador de um respeitado escritório de advocacia. Mesmo assim, abriu mão de estar no dia a dia das empresas da família e saiu da operação do seu escritório, largando o terno e gravata para apostar todas as fichas e esforços na startup, se dedicação 100% à educação. É Cofundador e CFO.

Gil Vieira - Com experiência de mais de 20 anos em sala de aula, o professor de Geografia veio a somar com suas ideias vanguardistas sobre Educação. De origem humilde, ele foi o primeiro de sua família a se formar e mostra na pele como a Educação pode transformar a vida de uma pessoa e de sua família. Atualmente é o Cofundador e diretor pedagógico do Explicaê e traz ideias inovadoras da área educacional para o negócio.

Nicolas Matos - O Cofundador e coordenador pedagógico da Explicaê, tinha 19 anos quando idealizou o Explicaê. Nicolas era um estudante assíduo de diversas plataformas online e desenvolveu uma plataforma diferente do que havia no mercado, e que trouxesse o que ele enxergava como "dores" em todas as outras: falta de organização e conteúdos tradicionais pouco atraentes. Em 2016, ano em que o Explicaê foi criado, ele passou em 21 universidades, sendo 4 no curso de Medicina e 17 em Engenharia, por meio de sua nota no ENEM, mas mesmo com uma conquista imensa, decidiu apostar no novo negócio e não deu continuidade a carreira acadêmica.

Thyago Otoni - Professor de física, também como experiência de mais de 20 anos em sala de aula. Acredita na Educação como motor que impulsiona a sociedade. É um profissional reconhecido e respeitado pelos educadores da região e também resolveu investir no Explicaê, como plataforma que pode conduzir os estudantes a mudarem suas realidades de vida.



Website: http://www.explicae.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Qual a melhor parte do dia para a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Presidente Kennedy?

7.7%
10.3%
74.4%
7.7%
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp