28/04/2015 às 08h16min - Atualizada em 28/04/2015 às 08h16min

Homem procurado pela Interpol é preso na Serra

Wilson Gonçalves foi condenado por um assassinato cometido há 15 anos e tinha um mandado de prisão em aberto por uso de documentos falsos em Portugal

Folha Vitória
Wilson Gonçalves é acusado de assassinato e falsificação de documentos (Foto: TV Vitória)

Um homem procurado pela Organização Internacional de Polícia Criminal, a Interpol, foi preso nesta segunda-feira (27) na Serra. Segundo a Polícia Civil, Wilson Gonçalves, de 40 anos, foi condenado a 30 anos de prisão por um assassinato cometido há cerca de 15 anos. Além disso, existe um mandado de prisão contra o acusado, emitido pela Interpol, por uso de documentos falsos em Portugal. 

A polícia do Espírito Santo chegou até Wilson a partir de investigações da Delegacia de Defraudações (Defa) e da Superintendência de Polícia Prisional. Ele caminhava pela Avenida Brasil, a principal do bairro Novo Horizonte, quando foi abordado pelos policiais. O acusado não resistiu à prisão. 

Com Wilson, a polícia encontrou diversos documentos falsos, incluindo uma certidão de nascimento do filho dele, que, segundo a polícia, foi registrado com documentos falsificados.  

O acusado admite que cometeu o homicídio e que foi julgado. No entanto disse que não sabia que estava sendo procurado. No entanto, segundo a polícia, toda vez que os policiais chegavam perto dele, Wilson era acobertado por familiares e sempre conseguia fugir. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp