23/04/2015 às 09h53min - Atualizada em 23/04/2015 às 09h53min

“Temos motivos para cassar o prefeito”

Aqui ES

 

Afastado pela justiça por 60 dias, o prefeito de Itapemirim, Dr. Luciano (PSB), poderá ser alvo de uma Comissão Processante (CP) na Câmara de vereadores. Na verdade, a CP já existia e foi arquivada porque o prazo para conclusão dos trabalhos expirou.

Segundo o relator da CP, vereador João Bechara Neto (PROS), será feito uma consulta ao jurídico da Casa para saber a possibilidade de reativar as investigações. “Quero saber da nossa procuradoria a possibilidade de retomar os trabalhos da Comissão Processante. Marquei uma reunião essa semana para ter esse posicionamento”, comentou João Bechara.

Para ele, após os últimos acontecimentos envolvendo o prefeito, é preciso que os vereadores façam alguma coisa para dar resposta à sociedade. “Atualmente, eu acredito que temos motivos até para cassar o prefeito. A omissão dele em relação aos pedidos de informação feitos por outros parlamentares e o fato de a justiça já ter encontrado fundamentos para afastá-lo são suficientes. Essa é minha opinião, não sei a dos demais colegas”, comentou.

Quem também acredita que o Poder Legislativo precisa se posicionar frente às denúncias é o vereador Patinho. “Sou cobrado diariamente pelo povo. É nossa função investigar. O prefeito nunca foi à Câmara prestar contas e isso é uma exigência da lei. Precisamos cumprir nosso papel e apurar todas as denúncias”, enfatizou Patinho.

O prefeito de Itapemirim foi afastado pela justiça depois de denúncias do Ministério Público, apontando supostos superfaturamentos em contratos para eventos culturais no município. Os valores passariam de R$ 10 milhões.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp