23/06/2020 às 13h43min - Atualizada em 23/06/2020 às 14h21min

Nova tecnologia chega na Medicina Estética para aumentar a capacidade de absorção da pele, melhorando sua hidratação em períodos como o inverno

Vários têm sido os estudos cuja finalidade é buscar alternativas para aumentar a capacidade de permeabilização da pele, facilitando a penetração de ativos e fármacos na pele, ultrapassando com menos dificuldade sua barreira natural. Uma nova tecnologia, recém-chegada no Brasil, veio para ajudar nisso: o Raytrace Shower.

DINO
http://www.raytrace.com.br

A pele é o maior órgão do corpo humano e possui funções importantíssimas como de proteção contra agentes nocivos, luz, agressões físicas, regulação da temperatura corporal e absorção de ativos restauradores e medicamentos, dentre outras inúmeras funções. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a pele é como uma “capa protetora” formada por células da epiderme e derme, secreção de sebo e suor.

Porém, por mais resistente que seja e apesar de naturalmente já ter a função protetora, a pele também precisa de cuidados e hidratação, principalmente em épocas do ano em que as temperaturas causam alterações no organismo, como é o caso do inverno.

Nesse período, a baixa umidade do ar e as temperaturas mais frias fazem com que diminua também a transpiração corporal e favoreça o ressecamento da pele. Outros fatores também colaboram para esse ressecamento, como banho muito quentes que tiram a oleosidade natural. Um estudo publicado no British Journal of Dermatology também descobriu que a pele resseca no inverno pois as suas células encolhem com o frio, prejudicando uma proteína chamada filagrina, que é fundamental para a proteção e hidratação da pele.

A pele é constituída de três camadas: epiderme, mais externa; derme, intermediária e hipoderme, mais interna. Uma das suas principais funções, como dito anteriormente, é a proteção natural contra agentes químicos, físicos e/ou biológicos. Mas, mesmo sendo essa grande “capa de proteção”, a pele é permeável e possui capacidade de absorver substâncias, tanto é que existem medicamentos tópicos, como as pomadas, por exemplo.

A permeabilidade da pele é chamada de permeabilidade seletiva, ou seja, sua capacidade de absorção varia, sendo que algumas substâncias são absorvidas somente de forma superficial, enquanto outras chegam em camadas mais profundas, atingindo até mesmo a corrente sanguínea. Isso acontece porque a pele tem barreiras naturais (como principalmente o estrato córneo, composto por células mortas com grande quantidade de queratina, que se descamam continuamente), que impedem a penetração de substâncias e cosméticos.

Vários têm sido os estudos cuja finalidade é buscar alternativas para aumentar a capacidade de permeabilização da pele, facilitando a penetração de ativos e fármacos na pele, ultrapassando com menos dificuldade sua barreira natural. Uma nova tecnologia, recém-chegada no Brasil, veio para ajudar nisso: o Raytrace Shower, da Innove Equipamentos Médicos e Estéticos.

Essa tecnologia trabalha utilizando uma pluma iônica para reabrir os canais da membrana celular que se fecham naturalmente com o tempo; induzindo a alteração da posição dos seus íons e reequilibrando o potencial elétrico, além de diminuir também a quantidade de radicais livres e regularizar a bomba de sódio e potássio.

O Raytrace Shower trabalha de forma não ablativa pois a pluma iônica é entregue na pele através de 277 plumas, que afetam o tecido de forma fracionada. Seus efeitos são bem significativos para aumentar a taxa de absorção da pele, quebrando as moléculas de adesão celular (CAMs). Isso faz com que ativos como, por exemplo, substâncias clareadoras e hidratantes tenham uma absorção maior do que normalmente acontece, deixando a pele tratada, mais hidratada e tonificada de forma mais rápida e eficiente e com o uso de uma quantidade menor de produto, o que diminui o custo do tratamento.

Além desse benefício de aumentar a absorção e tonificação da pele, o Raytrace Shower também tem efeito anti-inflamatório e alto poder de esterilização, sendo capaz de eliminar as bactérias que causam vários problemas cutâneos, como acnes, por exemplo. Há ainda uma melhora da capacidade de renovação celular, prevenindo o envelhecimento por estimular os fibroblastos e a produção de colágeno.

Essa tecnologia também conta com o aplicador de modo ablativo avançado, indicado para remoção de cicatriz, estria, pálpebra superior e inferior, tratamento na área dos olhos/pálpebra, levantamento da pálpebra e nariz, tratamento para acnes, remoção de rugas dos olhos/lábios, definição do contorno labial, arqueamento da sobrancelha, remoção de lesões e manchas.

As indicações do tratamento, potência utilizada e o tempo de aplicação e cicatrização variam de acordo com os objetivos do paciente. Após o contato da pluma iônica com o tecido, ocorre a sublimação das camadas mais superficiais, sem alterar as camadas profundas. Em determinadas indicações, como na Blefaroplastia não cirúrgica, a ação pode ser mais profunda, mas ainda assim, a pluma iônica utilizada não espalha calor para as áreas vizinhas. A ação ablativa se limita à pele, mantendo a segurança do procedimento, com cicatrização mais rápida e excelentes resultados.

A quantidade de sessões geralmente varia de 1 a 3, sendo avaliada individualmente pelo médico de acordo com o objetivo do paciente e do tratamento.



Website: http://www.raytrace.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp