18/06/2020 às 19h06min - Atualizada em 19/06/2020 às 00h00min

Coronavírus: impacto da doença no coração e perigo para pacientes cardiovasculares

Dentre os pacientes hospitalizados pelo coronavírus, cerca de 50% possuem doenças crônicas sendo que 40% destas, são doenças cardiovasculares

DINO
https://drapaulanogueira.com.br/

Os brasileiros estão vivendo a pandemia do novo coronavírus no Brasil desde o dia 11 de março de 2020. Em 31 de janeiro de 2020, a Organização Mundial da Saúde declarou a infecção pela COVID-19 como emergência global.

O quadro clínico da COVID-19 é semelhante ao de outras viroses respiratórias, em 80% dos casos, os sintomas são leves.

O que chama a atenção são as complicações cardíacas desta doença no grupo de indivíduos que apresentam as formas moderadas a graves, por isso a população com comorbidades cardiovasculares merece uma atenção especial.

Dentre os pacientes hospitalizados pelo coronavírus, cerca de 50% possuem doenças crônicas sendo que 40% destas, são doenças cardiovasculares.

O vírus da covid-19 pode causar :

- Miocardite: uma inflamação do músculo cardíaco.
- Insuficiência cardíaca: a falha na função de bomba do coração.
- Descompensação de doença arterial coronariana preexistente: podendo levar a angina ou ao infarto agudo do miocárdio.
- Arritmias cardíacas. também pode causar uma série de arritmias cardíacas.

O cuidado com os cardiopatas

O cuidado é o mesmo para todos = PREVENÇÃO!!!

Porém, como este é o grupo de pacientes que tem o maior risco de desenvolver a forma grave da doença, mesmo tendo apenas hipertensão, a prevenção deve ser dobrada.

São medidas preventivas de se contaminar pelo vírus: o isolamento social, evitar aglomerações e sempre que possível trabalhar de casa. Ao sair de casa usar a máscara corretamente e praticar a higienização frequente das mãos com álcool em gel ou água e sabão.

"Se você tem algum problema cardiovascular continue seguindo as recomendações do seu médico, usando os medicamentos de forma adequada e fazendo dieta alimentar caso indicado. Cuide-se", finaliza a Dra. Paula Correa Nogueira.

Dra. Paula Correa Nogueira
Instagram > @drapaulacorreanogueira
Facebook > cardiopaulanogueira



Website: https://drapaulanogueira.com.br/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp