10/06/2020 às 08h04min - Atualizada em 10/06/2020 às 08h04min

Programa de melhoramento genético leiteiro é aplicado em Presidente Kennedy

Da Redação - Com informações Selita
 

Foram iniciados, no dia 1º de maio, os trabalhos do projeto de Fertilização in Vitro – “FIV” 2020. O Programa de Melhoramento Genético do Rebanho Leiteiro da Selita que é realizado em parceria com o SEBRAE/ES. Já são mais de 2 mil animais nascidos desde o início do projeto, em 2017. As novilhas que já pariram estão produzindo, em média, mais de 20Kg de leite por dia, o que representa até 300% a mais do que o rebanho tradicional, confirmando a expectativa de aumento da produção.

Animais que são frutos do projeto também estão sendo preparados para receberem os embriões, como as do cooperado Romildo da Silva Neto, de Presidente Kennedy. São animais diferenciados, puro sangue e com genética avançada, proporcionando ao produtor uma agilidade na melhoria genética do rebanho.

“É um projeto de sucesso, estamos levando tecnologia para o cooperado, dando a ele a oportunidade de melhorar seu plantel com qualidade e com um valor acessível. Aumentando a produção de leite da sua propriedade, consequentemente aumenta nossa captação. Nós ainda temos cerca de 300 prenhezes para serem contratadas à disposição do associado que quiser”, destacou o gerente de assistência ao cooperado Edino Rainha.

Para Abdo Gomes, assessor da diretoria e gestor do projeto de pecuária de leite do Sebrae/ES, visando sempre melhorar o projeto em 2020, foi disponibilizada 2 ou mais contratações. “Isso vai abrir a possiblidade para produtores que tenham animais suficientes para contratar mais prenhezes e que possam acelerar o processo de melhoria genética do seu rebanho. Outra novidade são as demandas de atendimento em grupo, agilizando todo o trabalho das empresas, e com o aumento do número dessas empresas a gente pode atender um número maior e mais rápido”, disse Abdo.

Nilton Alves da Silva, cooperado de Presidente Kennedy, acredita que, com o projeto, vai trazer mais qualidade genética para o seu rebanho de uma forma barata e mais rápida, fazendo aumentar sua produção de leite.

Com a expectativa de aumentar o número de prenhezes em relação aos anos anteriores, a parceria entre Selita e Sebrae/ES segue no caminho certo com os resultados já apresentados, que mostram a qualidade dos animais nascidos e alguns já em produção.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp