08/06/2020 às 11h41min - Atualizada em 08/06/2020 às 11h51min

Projeto “Brincando e Aprendendo” se adapta e mantém atividades e acompanhamento às crianças mesmo durante isolamento social

Com foco em assistência socioeducacional e familiar, o projeto aprovado no Fundo para Infância e Adolescência trabalha a responsabilidade social com as crianças

DINO
http://app.incentiv.me/projetobrincandoeaprendendo

E se o seu projeto tivesse que parar todo o atendimento e aulas presenciais por conta da pandemia do novo coronavírus? Pois é, inúmeros projetos e instituições tiveram que suspender seu funcionamento usual e foram se adaptando à nova realidade da maneira que lhes pareceu possível. A Casa da Criança de Taquarituba, desenvolve o projeto Brincando e Aprendendo e realiza um trabalho social e educacional muito importante com crianças e seus familiares. Mesmo com todos os atendimentos presenciais paralisados, manteve diversas ações acontecendo durante os meses de isolamento social.

As atividades passaram a ser realizadas através de vídeos produzidos e enviados por WhatsApp às famílias envolvidas com o programa. Aulas de diferentes temáticas — inglês, música, capoeira— foram gravadas de forma lúdica e com a linguagem já utilizada pelos profissionais do projeto com as crianças. Além das aulas, também foram produzidos materiais didáticos para pais e responsáveis e oficinas socioeducativas envolvendo nutricionistas, dentistas e psicólogos.

As ações do projeto, que capta recursos através da plataforma "Incentiv.me" , não pararam por aí. Sendo a maioria das famílias atendidas pela instituição provenientes de situação de vulnerabilidade social devido à baixa renda familiar, as assistentes sociais e psicólogas do instituto, no mês de maio, entregaram kits emergenciais, contento materiais de limpeza e alimentos, para 150 famílias. As crianças assistidas pela entidade também receberam kits pedagógicos e máscaras faciais para proteção.

O "Brincando e Aprendendo" se adaptou para que todos os envolvidos pudessem seguir amparados pelo projeto. Patrocinado integralmente pela CPFL energia — que desde 2017 redireciona parte de seus impostos a fim de gerar impacto social —, o projeto é inspiração de como as leis de incentivo fiscal, que permitem que pessoas e empresas destinem parte dos impostos a projetos sociais, podem auxiliar a vida de diversas famílias.

INCENTIVO A CUSTO ZERO, COMO FUNCIONA?

Em vez de pagar o imposto de renda ao governo, empresas tributadas em lucro real podem destiná-lo a projetos sociais. Isso é possível graças às leis de incentivo fiscal, que permitem o direcionamento de até 9% do imposto de renda. A Incentiv.me é uma startup de inovação tributária que conecta empresas a projetos aprovados em leis de incentivo, contribuindo para uma sociedade cada vez mais responsável.
SERVIÇO

Saiba se a sua empresa pode redirecionar impostos: empresas.incentiv.me/diagnostico



Website: http://app.incentiv.me/projetobrincandoeaprendendo
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp