02/04/2015 às 12h32min - Atualizada em 02/04/2015 às 12h32min

Contribuinte paga R$ 1,7 milhão por mês para manter deputados capixabas em Brasília

Quem menos utilizou essa verba foi o deputado Max Filho (PSDB), que usou R$ 2.152,75. Já o gabinete do deputado Lelo Coimbra (PMDB), foi o que lançou mão de um valor maior: R$ 16.344,41

Folha Vitória
Ainda que não atingisse a média nacional, Lelo Coimbra foi o deputado que mais usou o cotão Foto: Divulgação

O aumento nos subsídios dos parlamentares ocorreu em janeiro, quando passaram a receber R$ 33.763,00 por mês, mas a partir desta quarta-feira (1), os representantes capixabas no Legislativo federal contarão com um reajuste na verba de gabinete, no chamado cotão e no auxílio-moradia. Com os novos números, os deputados passarão a custar, em média, R$ 1.763.546,10 por mês aos cofres da União.

A verba de gabinete, que é destinada ao pagamento dos servidores que estão à disposição do mandato passou a ser de R$ 92 mil, um reajuste de 18%. Cada deputado pode ter entre cinco e 25 servidores, entre os que atuam em Brasília e os que atuam no Estado. 

Já o chamado cotão, que é a cota para o exercício da atividade parlamentar, teve um reajuste de 8,72%. A média nacional de utilização dessa verba subiu de R$ 41,6 mil para R$ 45,2 mil. 

No mês de março, o gabinete que menos utilizou essa verba foi do deputado Max Filho (PSDB), que usou R$ 2.152,75. Já o gabinete do deputado Lelo Coimbra (PMDB), foi o que lançou mão de um valor maior: R$ 16.344,41. Ainda assim, bem abaixo do utilizado na média nacional.

“Ainda estou no início do mandato e há demandas a surgir. Mas sou a favor de reduzir gastos. O Legislativo tem até 2,5% de participação da receita corrente líquida da União. O ideal é reduzir para 1,5%”, defendeu o tucano.

O auxílio-moradia, que é uma verba facultada aos parlamentares que não foram contemplados com imóvel, também sofreu um reajuste. Com os 10,5% de aumento, passou de R$ 3.800,00 para R$ 4.243,00.

Os deputados Lelo Coimbra, Carlos Mannato (SD) e Jorge Silva (Pros) possuem imóveis funcionais à sua disposição. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp