06/05/2020 às 14h26min - Atualizada em 06/05/2020 às 14h26min

Dezoito municípios decretam calamidade pública no Estado; Veja lista

Medida vale até 31 de julho de 2020

Da Redação
Dezoito prefeituras do estado do Espirito Santo deceretaram calamidade pública para tentar agilizar o enfrentamento a pandemia COVID-19.

São eles: Afonso Cláudio, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Vila Velha, Marechal Floriano, João Neiva, Ibatiba, São Roque do Canaã, Mucurici, Venda Nova do Imigrante, Conceição da Barra, Mantenópolis, Iúna, Divino de São Lourenço, Cachoeiro de Itapemirim, Marilândia e Presidente Kennedy.

O decreto precisará ser aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Espírito Santo.

A medida, que vale até o dia 31 de julho, está de acordo com as ações já adotadas no âmbito da educação, saúde, assistência social e nos segmentos do comércio, bem como com os decretos estaduais e federais.

Atualmente Presidente Kennedy possui um óbito confirmado, sete casos confirmados, oito casos em investigação e quatro casos curados.

 

Decretos em outros municípios
Presidente Kennedy segue o exemplo de outros municípios do Espírito Santo que já decretaram estado de calamidade pública por conta da Covid-19. O município de Linhares, no Norte do Estado, foi o primeiro a declarar estado de calamidade pública, no dia 31 de março.

Segundo a Assembleia Legislativa, 17 municípios já tiveram seus decretos aprovados pelos deputados estaduais: Aracruz, Dores do Rio Preto, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibiraçu, Jerônimo Monteiro, Linhares, Montanha, Rio Novo do Sul, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Mateus, Serra, Viana, Vila Pavão e Vitória. Os projetos foram votados em bloco.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp