29/04/2020 às 08h59min - Atualizada em 29/04/2020 às 08h59min

"A possibilidade de abrir o comércio não pode reduzir o isolamento", reforça Casagrande

Da Redação

Em novo pronunciamento na noite desta terça-feira (28), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, voltou a fazer um apelo para que os capixabas respeitem o isolamento social para, assim, reduzir a transmissão do novo coronavírus. O Estado registrou recorde de mortes em apenas um dia nesta terça com 14 óbitos. Já são 2.164 pessoas infectadas e  591 curadas.

O alerta do chefe do Executivo vai de encontro com as medidas de reabertura do comércio previstas para o dia 4 de maio na Grande Vitória e em outros municípios que compõem a área do Mapa de Risco da Covid-19 no Estado.
 

“Precisamos de 55% de isolamento. Só podemos dar o passo para abertura de atividade econômica se a atividade de lazer for paralisada. Alcançar o isolamento social é tarefa de cada um de nós, capixabas. Podemos dar um passo adiante, mas não podemos correr o risco de perder vidas sem assistência”, ressaltou Casagrande.


Ele ainda falou sobre a incerteza gerada pela doença, tornando imprevisível saber se mais adiante o sistema de saúde pode colapsar caso o isolamento não seja cumprido e os casos aumentem ainda mais.

O governador do Estado destacou, ainda, a dificuldade em comprar respiradores e que participa amanhã de uma reunião com o ministro da Saúde Nelson Teich. Veja o pronunciamento de Casagrande:

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp