27/01/2020 às 09h25min - Atualizada em 27/01/2020 às 09h25min

Chuva no ES: 22 cidades têm alto risco de ocorrências hidrológicas e deslizamentos; quase 9 mil pessoas estão fora de casa

Na segunda-feira (27), a Defesa Civil considera muito alta a possibilidade de eventos geo-hidrológicos no centro-sul

Folha Vitória
As fortes chuvas que atingem o Espírito Santo ainda podem provocar mais ocorrências, de acordo com o boletim da Defesa Civil, divulgado na manhã desta segunda-feira (27). Até o momento, são 8.977 pessoas fora de suas casas, sendo 7665 desalojadas e 1312 desabrigadas.
A Defesa Civil considera muito alta a possibilidade de eventos geo-hidrológicos no centro-sul do Espírito Santo, devido aos altos acumulados dos últimos dias e a continuidade de chuvas previstas para essa região.
A Defesa Civil considera alta a possibilidade de eventos geo-hidrológicos no norte do estado do Espírito Santo.
Foto: Divulgação
Em relação aos alertas, no total, 22 municípios estão com alto risco para ocorrências provocadas pela chuva. Os municípios de Iúna e Muniz Freire permanecem com alerta, tanto para deslizamentos, quanto para ocorrências hidrológicas. 
Aracruz, João Neiva, Serra, Vitória, Conceição do Castelo, Afonso Cláudio, Ibitirama e Brejetuba estão com alto risco para ocorrências de deslizamentos. 
Já os municípios de São José do Calçado, Bom Jesus do Norte, Apiacá, Castelo, Iúna, Cachoeiro de Itapemirim, Afonso Cláudio, Itapemirim, Brejetuba, Ibatiba, Baixo Guandu, Colatina e Linhares estão com risco alto para ocorrências hidrológicas.
Acumulados de chuva
Desde o último domingo (26), os municípios da região norte do Espírito Santo tiveram os maiores volumes de chuva. Mucurici foi a cidade que teve maior acumulado em 24 horas, com 91.2 milímetros de chuva.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

Você é a favor do corte de 50% do salário dos políticos e 30% dos funcionários públicos?

15.8%
71.7%
3.3%
9.2%