28/10/2019 às 11h01min - Atualizada em 28/10/2019 às 11h01min

Presidente Kennedy pode ganhar refinaria de petróleo

Empresários capixabas querem aproveitar projeção de aumento da oferta de petróleo em terra e construir uma refinaria. Além disso, empresa alemã também pretende implantar uma unidade no Estado

Gazeta Online
Empresários do Espírito Santo querem se juntar para implantar no Estado uma minirrefinaria. O objetivo é aproveitar o aumento na exploração de petróleo em terra (onshore) no Norte do Espírito Santo, que deve aumentar nos próximos dez anos, segundo informações do Ministério de Minas e Energia. A capacidade de processamento da planta será de dez mil barris por dia. Empresa alemã também demonstrou interesse em implantar outra refinaria por aqui.

O gerente do Fórum Capixaba de Petróleo e Gás (FCP&G), Durval Freitas, afirmou que os empresários capixabas se reuniram na quinta-feira (24) com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) para discutir a viabilidade do empreendimento. “Nossos derivados e petróleo, seja gasolina, diesel, querosene ou bunker (combustível de navio) vêm de fora. Se temos o óleo aqui, por que não melhorar essa cadeia?”, disse em evento do Encontro Nacional do Reate 2020 em Vitória, nesta sexta-feira (25). Ainda não há previsão do tamanho do investimento.

A intenção é iniciar a produção com o bunker e depois expandir para outros produtos, podendo até chegar à produção de gasolina no futuro. O grupo também busca parceria com os empresários interessados em adquirir os poços inativos em terra através do programa Reate 2020 do governo federal. A iniciativa visa abrir para exploração de empresas privadas de campos atualmente desativados. Ainda não está definido o local de implantação da minirrefinaria.

Presidente Kennedy ou Linhares
Duas áreas são consideradas: “pode ser no Sul do Estado, no Porto Central, em Presidente Kennedy, que poderia servir de ponto de abastecimento para os navios. Também há vantagem em ser no Norte, em Linhares, aproveitando incentivos da área da Sudene“, esclarece o gerente.

Este é o segundo grupo com interesse de implantar uma refinaria de petróleo em Presidente Kennedy.

 

Veja também: Multinacional pretende investir R$ 1 bilhão em instalação de refinaria de petróleo em Presidente Kennedy


Alemanha
Uma empresa alemã também sonda o Estado com a intenção de implantar uma refinaria. “Podemos acabar tendo até duas refinarias diferentes. O Espírito Santo se mostra, pelas condições de localização e estabilidade política e econômica, muito atraente para esses investimentos”, avalia Durval. A produção atual onshore no Espírito Santo é de cerca de 9 nove ou dez mil barris por dia. A retomada desses campos deve gerar R$ 3 bilhões em investimentos em cidades como o São Mateus, Linhares, Jaguaré e Sooretama.

Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp