12/09/2019 às 14h21min - Atualizada em 12/09/2019 às 14h21min

Prefeitura se reúne com a PMES para viabilizar Escola cívico-militar em Presidente Kennedy

Presidente Kennedy é um município brasileiro do estado do Espírito Santo. Localiza-se no extremo sul do estado a uma latitude 21°05 56 sul e a uma longitude 41°02 48 oeste estando a uma altitude de 55 metros.

Da Redação

A Prefeitura de Presidente Kennedy por meio da Secretaria de Segurança Pública e de Educação, esteve reunida nesta semana com a Diretoria de Ensino e Instrução da  Polícia Militar do Estado do Espírito Santo(PMES), em Vitória.

Na reunião, a Comissão kennedense da Escola Cívico-Militar tratou de assuntos e estudos para viabilização e implementação deste tipo de escola em Presidente Kennedy. 

A reunião ocorreu no Quartel do Comando Geral. Representando o município estiveram presentes a secretária de educação Fátima Agrizzi, o secretário de segurança pública Cap. Tadeu, representantes da Secretaria de Desenvolvimento, agentes da Guardas Civil Municipal e professores.

 

Qual o papel dos militares na escola?
O modelo cívico-militar é diferente do modelo das escolas militares mantidas pelas Forças Armdas. Segundo a proposta, a Secretaria de Educação continuaria responsável pelos currículos escolares e caberia aos militares a atuação como monitores na gestão educacional.

Na prática, a gestão da escola é compartilhada: professores cuidam da parte pedagógica e os militares, da administração e da disciplina.

Quais os principais eixos de atuação?
As ações das escolas cívico-militares vão se concentrar em três principais áreas:

Educacional: atividades para fortalecer valores “humanos, éticos e morais” e incentivar a formação integral dos alunos.
Didático-pedagógica: atividades de supervisão escolar e psicopedagogia para melhorar o processo de ensino e aprendizagem.
Administrativa: ações para melhorar a infraestrutura e organização das escolas.

Que problemas o modelo pretende enfrentar?
Com a medida 
se pretende reduzir índices de violência, evasão, repetência e abandono escolar. De acordo com o MEC, as escolas do modelo já em funcionamento têm taxa de evasão 71% menor e de reprovação 37,4% inferior.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »