11/08/2018 às 07h09min - Atualizada em 11/08/2018 às 07h09min

A importância social da Justiça

Da Redação
Marcelo Jones de Souza Noto, juiz titular da Comarca de Presidente Kennedy


Hoje, 11 de agosto, se comemora o Dia do Advogado e o Dia do Juiz, sim, ambos são comemorados no mesmo dia. Essas datas foram sincronizadas para mostrar de forma simbólica, que não há e nem deve haver um estranhamento entre essas duas classes.

São duas das mais belas profissões da atualidade e peças chaves na promoção da paz social.

​O advogado é o profissional do direito que representa as pessoas frente à questões jurídicas, de acordo com o interesse delas, defendendo-as ou ingressando judicialmente com uma demanda, de acordo com os termos e possibilidades da lei. Ele não atua apenas em conflitos judiciais, mas também em negociações, acordos, consultorias e, em algumas especialidades.

Para a advogada Caroline da Silva Macedo, os advogados são essenciais à administração da Justiça. "Não se faz Justiça sem o direito e quando esse direito passa a ser ferido, entra em cena a atuação do advogado na garantia da defesa e zelo pelo bom cumprimento da lei, por uma sociedade justa e democrática", explica doutora Caroline.

Já o juiz de direito, é aquele responsável pela administração da Justiça, em nome do Estado. Além de órgão do Poder Judiciário, o magistrado tem competência para conhecer e resolver conflitos de interesses controvertidos ou infrações puníveis verificadas em sua jurisdição. Aplica as leis e julga de acordo com as provas.

E dentre os milhares de magistrados do Brasil, em Presidente Kennedy a atuação do juiz de direito Marcelo Jones de Souza Noto, responsável pela vara única do município, tem se destacado, mesmo que por vezes sobrecarregado em seu ofício.

Desde resolver imbróglios, conflitos e julgar diversos casos dentro de sua alçada, Marcelo Noto participou de umas das mais bonitas ações do Judiciário Capixaba, a doação de uma van para a Associação Pestalozzi de Presidente Kennedy em maio do ano passado, destinando parte dos recursos oriundos das penas de prestação pecuniária à Associação filantrópica na aquisição do veículo.
 
“A aplicação desse fundo é um projeto de caráter social, filantrópico, devolvendo de forma positiva a sociedade, os malfeitos que penalizados fizeram a ela”, disse Marcelo Noto à época.

Em 2015, após o desastre ocorrido com o rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais, o togado foi um dos idelizadores de uma campanha de arrecadação de água potável e mantimentos para os necessitados daquela região, transformando o Fórum de Presidente Kennedy em um ponto de recebimento de doações, incentivando servidores, advogados e a população a participar da ação solidária. Centenas de litros d'água e gêneros alimentícios foram enviados para a cidade mineira.

Dentre outras ações, recentemente autorizou que um paciente portador do câncer maligno no esôfago (Neoplasia de Esôfago) em estágio terminal, pudesse adquirir a substância medicamentosa experimental fosfoetanolamina sintética, conhecida como "pílula do câncer".

Atos como estes, confirmam o compromisso do magistrado não somente com o serviço jurídico e de prover a paz, mas também como um embaixador da causa humana. A sensibilidade, a razão e o amor devem estar sempre presentes na vida de quem julga com imparcialidade e sabedoria os litígios judiciais.

Marcelo Jones de Souza Noto é um dos exemplos dos bons juízes de direto, que mesmo diante do excesso de processos em sua competência, exerce um papel crucial com sensibilidade e equidade, muito além dos corredores da Justiça.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp