26/06/2018 às 11h55min - Atualizada em 26/06/2018 às 12h55min

Usina Paineiras tem nova diretoria

A Usina Paineiras tem nova diretoria: como Diretor-Superintendente e de Negócios, atua Antonio Carlos de Freitas e, como Diretor de Operações, Nemésio Cavalcante Junior

Fato
Foto: Fato Antonio Carlos Freitas e Nemésio Cavalcante Junior são os novos diretores


A Usina Paineiras tem nova diretoria: como Diretor-Superintendente e de Negócios, atua Antonio Carlos de Freitas e, como Diretor de Operações, Nemésio Cavalcante Junior. A decisão foi tomada pelos acionistas da empresa em 19 de abril deste ano, em Assembleia Geral realizada na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Com a medida, pela primeira vez desde 1937, a família Carvalho Britto passa a ser exclusivamente acionista da empresa, profissionalizando a gestão do negócio. A família continua a ter 100% das ações da companhia.

"Este é mais um passo importante na profissionalização da gestão da empresa, que tem passado por importantes transformações nos últimos anos para continuar a desenvolver sua atividade principal, que é a de produzir etanol e açúcar em Itapemirim", afirma o diretor Antonio Carlos de Freitas.

Desde 2017, a empresa já não atuava no cultivo de canaviais, pois decidiu ceder as suas terras a produtores de cana-de-açúcar, em regime de parceria agrícola, para poder se dedicar totalmente à fabricação e comercialização de açúcar e etanol.

Passado e presente na indústria capixaba

Empreendimento industrial mais antigo do Estado do Espírito Santo em operação ininterrupta, a Usina Paineiras foi criada pelo governo do estado em 1912, durante o primeiro ciclo de industrialização capixaba.

Em 1937, através de um leilão de privatização, foi vendida a Ataliba de Carvalho Britto, um mineiro formado em agronomia que dedicou a sua vida a consolidar a Usina Paineiras. Em 1967, a empresa fundou a coligada Agropecuária Carvalho Brito S.A. (Apecarb) especializada no cultivo de cana-de-açúcar e pecuária.

Hoje a indústria tem a capacidade de processar 1,2 milhão de toneladas de cana-de-açúcar por ano, o que garante o emprego de mais de 15 mil pessoas tanto no Sul do Estado, quanto no Norte do Rio de Janeiro.

A Usina Paineiras é referência na produção de açúcar e etanol; está na lista das 200 maiores empresas do Espírito Santo; é a sexta maior indústria de alimentos do Estado; e está entre as 100 maiores empresas privadas com capital capixaba.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp