01/03/2018 às 11h48min - Atualizada em 01/03/2018 às 11h48min

Servidores públicos terão reajuste salarial e do vale-alimentação, diz Hartung

Durante o anúncio dos reajustes, na prestação de contas na Assembleia, Hartung alfinetou a crise de outros governadores. “Vizinhos poderosos não conseguem nem pagar a folha de pagamento".

G1

 

Os servidores públicos do Espírito Santo vão ter reajuste salarial e do tíquete-alimentação em 2018. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Hartung, durante a prestação de contas, na Assembleia Legislativa, na manhã desta quarta-feira (28), em Vitória.

Hartung não disse de quanto vai ser o aumento do salário. A assessoria do governador informou que o anúncio deve ser feito em março. A correção a partir da previsão econômica para o 3º trimestre. Já o valor do tíquete-alimentação passa de R$ 220,00 para R$ 300,00.

Durante o anúncio dos reajustes, Hartung alfinetou a crise de governos de outros estados.

"Fizemos dois gestos: conceder abono aos servidores e instituir o auxílio alimentação, uma antiga reivindicação dos servidores.Eu costumo dizer: abre a janela e olha o Brasil. Volte e olhe o Espírito Santo”, disse.

Durante a prestação de contas, Hartung também falou de alguns projetos do governo. Entre as políticas públicas, destacou a Escola Viva; o Jovem de Futuro; o Pacto pela Aprendizagem; a Rede Cuidar; o Ocupação Social; os editais de Ciência e Tecnologia e de Cultura; o Campeões do Futuro, no Esporte; o Reflorestar, cujas origens estão lá na criação do Fundágua, em 2008; o Águas e Paisagens; e o Programa Estadual de Barragens.

Além disso, o governador foi sabatinado pelos deputados. Veja sua fala sobre alguns temas importantes para o estado:

Crise hídrica

“A crise hídrica não estava no nosso radar. Um assunto que não estava no plano estratégico do governo. Criamos um comitê e começamos a criar políticas. Aí começamos com o plano de barragens. São 60 barragens. O governo tomou atitude, os produtores foram à luta para reservar água. Outro passo importante foi turbinar o Reflorestar. O Reflorestar estava patinando na burocracia. Neste ano, estamos colocando mais R$ 12 milhões no Reflorestar. A caixa d’água mais importante é o subsolo”.

Samarco

“Esse desastre é o maior da história ambiental do país. Naquilo que for possível, os atingidos devem ser ressarcidos. Mas a empresa precisa voltar a operar. Acho que a empresa roda no meio desse ano. Na hora que ela rodar, acho que a gente vai subir mais um degrau”

Rodovia Leste Oeste

Não falta dinheiro para terminar a Leste-Oeste. Qual é o problema da morosidade? A empresa que ganhou a licitação entrou, no meio do processo, em recuperação judicial. A população olha isso e não entende. Mas são as leis. Se a gente tira na marra, ela entra na Justiça e nós vamos perder. Nós estamos fazendo das tripas coração, usando a linguagem popular, e vamos, se Deus quiser, em abril, começa o tráfego de automóveis ali”.

Violência contra as mulheres

“Tema extremamente importante para o país e para o nosso estado. Nesse tema, nós não estamos bonitos na foto. A fotografia do nosso estado nos envergonha. Nós precisamos superar esses indicadores horrorosos que nós temos no estado. O governo tem papel, mas o governo sozinho não dá conta de um problema desse. Tem que mudar a cultura”

Segurança Pública

“Mais de R$ 40 milhões foram liberados para a segurança. Parte será destinada para adequar as delegacias.”

Lei anticorrupção

“Não tem um caso de corrupção no meu governo atual ou anterior que não tenha sido investigado. Uma pessoa acusada tem direito de defesa”.

Fechamento de escolas

“A questão de fechar escolas não pode ser tabu. Quem já administrou aqui sabe. Se eu tiro um aluno para uma escola melhor, isso não é andar para trás. São escolas com até alguma distância, mas são escolas boas. O Brasil não aguenta mais as corporações”.


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp