09/11/2017 às 10h49min - Atualizada em 09/11/2017 às 10h49min

William Waack é afastado do Jornal da Globo

Jornalista é acusado de ter feito comentários racistas, fora do ar, durante cobertura das eleições americanas. Waack diz não se lembrar do episódio e pede desculpas.

Correio Brasiliense

 

O apresentador William Waack foi afastado de todas as suas funções, após um vídeo em que ele aparece proferindo ofensas racistas no intervalo do Jornal da Globo viralizar nas redes sociais.

Ainda segundo a nota da emissora, o futuro do ex-apresentador do Jornal da Globo será definido nos próximos dias. "William Waack é um dos mais respeitados profissionais brasileiros, com um extenso currículo de serviços ao jornalismo. A Globo, a partir de amanhã, iniciará conversas com ele para decidir como se desenrolarão os próximos passos", diz o documento.

Segundo a TV Globo, uma gravação teria sido feita há um ano, durante a cobertura das eleições norte-americanas. No vídeo, que está rodando as redes sociais, o âncora aparece ao lado de um comentarista, à frente da Casa Branca, em Washington (EUA), se preparando para sua entrada no jornal, quando um carro começa a buzinar na rua.
 
"Está buzinando por quê, seu merda do cacete?", diz, reclamando de um barulho de buzina que ocorreu na rua.

Assista o vídeo que circula na internet cliclando aqui.

Em seguida, o jornalista se vira para o comentarista que está ao seu lado e brada. "Não vou nem falar, porque eu sei quem é… é preto. É coisa de preto", afirmou ele, rindo logo após o comentário, e sem saber que já estava sendo filmado.

 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp