28/01/2022 às 11h30min - Atualizada em 28/01/2022 às 13h20min

Mercado de construção terá alta e impulsionará a economia

Como o mercado de construção irá aquecer em 2022 e como os setores econômicos serão impactados

DINO
https://www.linkedin.com/in/wildson-de-jesus-engenheiro-ensino-treinamento/

Sejam de pequeno, médio ou grande porte, os investimentos públicos e privados no mercado da construção estão em alta, e 2022 promete ser um ano com perspectivas positivas em diferentes setores econômicos em todo o mundo. Estudos indicam avanços especialmente em setores que enfrentaram dificuldades durante a pandemia, como as obras de construção, infraestrutura, abastecimento, etc. Ou seja, o mercado que já vinha sendo aquecido em 2021 deve aumentar ainda mais a temperatura neste novo ano. 

Entre os indicadores que apontam para o aquecimento do termômetro em todo o setor de infraestrutura estão os altos índices na fabricação e vendas das denominadas máquinas amarelas (movimentação de terra, como carregadeiras, retroescavadeiras, etc.) e guindastes terrestres. 

A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) apontou que o crescimento já iniciou em 2020 (mais de 20% em relação a 2019), seguindo em 2021 (com mais de 30% de aumento) e deve se manter ainda maior no próximo ano. 

Obras represadas em um Brasil continental

O governo federal anunciou a retomada de mais de 14 mil obras em todo o território nacional - que começaram já em 2021, e devem ser ampliadas em 2022. São obras que estavam paralisadas por diferentes motivos, incluindo a própria pandemia. Todas acabam atrasando o desenvolvimento do país, que precisa retomar o desenvolvimento para crescer economicamente. Sendo assim, a infraestrutura de ordens federais, estaduais e municipais também será uma das oportunidades de melhoria no mercado de infraestrutura, emprego e renda. 

Como o Brasil é um país de tamanho continental, o volume de obras represadas, que estão sendo, pouco a pouco, retomadas, deve movimentar mais de R$ 80 bilhões em investimentos. 

Além disso, as intervenções atingirão municípios de Norte a Sul. Portanto, a expectativa é de que sejam abertas vagas de emprego em diferentes localidades, proporcionando que mais pessoas ingressem no mercado da construção e em outros envolvidos no processo. 

Máquinas precisam de seres humanos

Os bons números na comercialização das máquinas amarelas nos últimos anos (desde 2020 e com boas perspectivas para este novo ano) sugerem o crescimento de obras do setor de infraestrutura também em 2022. Mas todas as máquinas e obras de infraestrutura, para acontecerem, precisam de pessoas. Ou seja, o setor em aquecimento deve ter como consequência imediata mais empregos disponíveis. 

No entanto, as vagas abertas não poderão ser preenchidas por qualquer pessoa. Será preciso também investir em mão de obra capacitada para operar as máquinas amarelas e guindastes, já que as mesmas estão cada vez mais modernas e tecnológicas, além de terem normas de segurança cada vez mais específicas. 

Até aqui só estão sendo citadas nas pesquisas as expectativas para as empresas onshore. O mercado offshore também promete boas oportunidades para este 2022. 

Mercado offshore abrirá oportunidades de contrato

Além da retomada pelas iniciativas pública e privada das obras de infraestrutura, que estavam paradas há algum tempo, também está sendo prevista a retomada das explorações no mercado offshore. 

A Subsea 7, por exemplo, anunciou uma grande concessão para serviço de instalação offshore a longo prazo, com valores estimados em US$ 500 milhões. A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) confirma também esse crescimento de mercado e aposta em mais campos de exploração. 

A empresa norueguesa Rystad Energy também prevê, para 2022, novos pedidos de contratos FPSO (Unidade Flutuante de armazenamento e transferência) no Brasil, aumentando o pipeline das empresas e melhorando a capacidade de armazenamento e transferência da indústria petrolífera. 

Mercado de construção em alta = busca por de profissionais capacitados

Seja no onshore, seja no offshore, a ampliação do mercado fomentará a abertura de vagas para profissionais capacitados para operar máquinas de grande porte e equipamentos específicos. Ou seja, mais vagas que precisarão ser preenchidas por pessoas que investiram em capacitação profissional. 

De modo geral, a farta disponibilidade não implicará em contratações de profissionais inexperientes ou sem domínio das tecnologias empregadas, isso porque as empresas não terão tempo disponível para capacitar novos profissionais. 

Conquistará a vaga, portanto, quem estiver apto ao trabalho de maneira imediata. Neste momento, é fundamental investir em cursos e capacitações para essas novas estruturas e máquinas que estarão em funcionamento neste ano de 2022. 

 



Website: https://www.linkedin.com/in/wildson-de-jesus-engenheiro-ensino-treinamento/
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp