02/12/2021 às 08h13min - Atualizada em 02/12/2021 às 09h21min

Cinco dicas para o varejo se preparar para datas sazonais

Com a passagem da Black Friday e o natal se aproximando, o varejo e e-commerce buscam formas de manter o nível de vendas para as datas sazonais.

DINO
http://www.giulianaflores.com.br

O varejo tem seu fluxo orgânico de vendas. Cada dia, consumidores procuram aquilo que necessitam comprar. Porém, quando se trata de datas sazonais, como Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, das Crianças, Black Friday e Natal, o volume de vendas e compradores tende a aumentar exponencialmente. Nesse cenário, o e-commerce mostrou um crescimento acelerado no início da crise sanitária acarretada pelo novo coronavírus, sendo a principal alternativa aos lojistas para manter os negócios em andamento. De acordo com o levantamento realizado pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), as vendas online devem corresponder a uma média de 11,6% do setor varejista do Brasil em 2021.

Diante disso, o varejo consegue prever e se preparar para essas datas e atender melhor os consumidores. É preciso conhecer cinco dicas para superar as expectativas dos clientes nessas datas:

1) Mapear as datas comemorativas:

Saber quando o volume de vendas aumenta no negócio é o primeiro passo para suprir as demandas extras. Um meio é atráves do mapeamento das datas sazonais para saber em quais períodos focar.

2) Analisar o histórico dos períodos de maior volume:

Nem todas as datas comemorativas são rentáveis ao varejo específico. Nas mais fortes, como Dia das Mães e Natal, o aumento de vendas é esperado, mas, conforme o core da empresa. O Dia do Orgulho Nerd, por exemplo, pode não fazer parte das estratégias e, portanto, não exige investimentos.

3) Planejar as ações com antecedência:

A comunicação, os descontos e a logística de entrega precisam ser pensados e executados com precisão para que as expectativas dos clientes sejam atendidas, evitando reclamações.

4) Descontos e facilidades reais:

A ideia é oferecer desconto para pagamentos à vista ou praticar a redução de preços de modo que o consumidor não se sinta enganado. É de conhecimento que empresas optam pelo aumento nos valores antes de datas comemorativas para, enfim, oferecer descontos que não refletem a realidade. Os consumidores estão mais atentos com essas práticas e ficam de olho nos preços. Além disso, a loja pode ser acionada por órgãos regulatórios e ser multada por irregularidades.

5) Estar pronto para a resolução rápida de problemas:

Por mais que o varejo se planeje, erros estão sujeitos a acontecer. Portanto, é preciso estar atento a isso e tenha soluções para resolver as pendências o quanto antes e com menos impacto ao consumidor.

O varejo tem 365 oportunidades para realizar boas vendas, mas algumas datas são ainda mais especiais e alavancam os negócios. Para ser bem-sucedido, é necessário explorar o potencial de empresa, ter organização e planejamento.

 

*Por Clóvis Souza, CEO e fundador da Giuliana Flores



Website: http://www.giulianaflores.com.br
Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp