28/11/2016 às 20h39min - Atualizada em 28/11/2016 às 20h39min

Prefeito de Itapemirim é cassado e cidade terá novo prefeito até dezembro

O TRE-ES acolheu denúncia da Procuradoria Regional Eleitoral no Espírito Santo referente às eleições de 2012, que denunciou Paiva por diversos crimes

Folha Vitória
Luciano Paiva e a vice-prefeita Viviane, em abril de 2015 (Foto: Divulgação/ Prefeitura Municipal de Itapemirim)

Por quatro votos a dois, o Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES) cassou na tarde desta segunda-feira (28) o mandato do prefeito de Itapemirim, Luciano de Paiva Alves (PROS), por abuso de poder econômico.

O órgão colegiado acolheu denúncia da Procuradoria Regional Eleitoral no Espírito Santo (PRE/ES) referente às eleições de 2012, que denunciou Paiva e mais três pessoas pelos crimes de falsidade material eleitoral, falsidade da prestação de contas, apropriação indébita e associação criminosa. 

Com a condenação, quem assume a Prefeitura Municipal de Itapemirim até o dia 31 de dezembro deste ano é o segundo colocado à época, Estevão Silva Machado. A partir de janeiro, Luciano Paiva volta a assumir o cargo, tendo em vista que foi reeleito.

Entretanto, como foi enquadrado pela Lei da Ficha Limpa após a realização das eleições, o Ministério Público ou algum partido ou coligação pode pedir a impugnação de candidatura do prefeito reeleito à Justiça Eleitoral, o que deixa incerto o futuro político do município.

O prefeito foi procurado pela reportagem, mas não foi encontrado. 


Notícias Relacionadas »
Comentários »
WhatsApp
Atendimento
Fale conosco pelo Whatsapp